• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Em rodada liderada pela Yamaha, Verge Ag recebe aporte de R$ 37,6 mi

Além da Yamaha, o investimento também contou com os fundos SP Ventures, a Fall Line Capital e a Artesian. Verge Ag utiliza inteligência artificial para gestão no campo
Plantação de milho: ferramenta da Verge auxilia produtores de cultivo extensivo (como soja e milho) (Exame/Cristiano Mariz/EXAME)
Plantação de milho: ferramenta da Verge auxilia produtores de cultivo extensivo (como soja e milho) (Exame/Cristiano Mariz/EXAME)
Por Luciana LimaPublicado em 12/05/2022 16:21 | Última atualização em 12/05/2022 16:21Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Yamaha, por meio do seu fundo de corporate venture capital, liderou uma rodada de R$ 37,6 milhões ( aproximadamente US$ 7,5 milhões) na Verge Ag, agritech que utiliza inteligência artificial para aumentar a eficiência no campo. Além da Yamaha, o investimento também contou com os fundos SP Ventures, a Fall Line Capital e a Artesian. A SP Ventures e a Fall Line Capital já haviam investido na Verge no ano passado.

Com sede em Lethbridge, no Canadá, a Verge Ag está desenvolvendo o primeiro software interativo para gestão de operações agrícolas com inteligência artificial (IA). Por meio da plataforma, chamada de Launch Pad, os agricultores conseguem administrar remotamente a movimentação de equipamentos agrícolas.

“Com a ferramenta da Verge que os produtores conseguem simular diversos cenários para chegar em operação mais eficientes, com redução no consumo de diesel e insumos, menos compactação de solo, economia de tempo, entre outras vantagens para reduzir custos”, diz Ariadne Caballero, Partner da SP Ventures, responsável pela operação.

VEJA TAMBÉM

Empresa de biofertilizante se prepara para receber investimento

Após aporte, Omie investe em relacionamento com contadores para crescer

A solução já foi usada em países da América do Norte, América Latina e Austrália. Segundo a Verge, os produtores de plantações de cultivo extensivo (como soja e milho) conseguiram aumentar a lucratividade com o uso do Launch Pad.

“A rodada Série A permitirá a expansão do Launch Pad nos nossos principais mercados, incluindo EUA, América Latina, União Europeia e Austrália”, diz Ryan Johnson, CEO da Verge. A startup, que também tem operações no Brasil, também pretende usar o montante para aumentar o time brasileiro.

O investimento na Verge é mais um de uma série que a Yahama vem fazendo em startups do setor agrícola. Em março, a fabricante de motocicletas também liderou um aporte na brasileira ARPAC, de drones para o campo.

De acordo com Nolan Paul, sócio e líder global de AgTech da Yamaha Motor Ventures, este investimento reforça a tese da empresa de que as tecnologias de agricultura de precisão são importantes para um futuro sustentável para a agricultura.

“A convergência de equipamentos agrícolas, automação e soluções digitais são necessárias para cultivar mais alimentos de forma mais sustentável e com menos recursos”, afirma o executivo.