Negócios

Eletrosul prepara operação para captar R$ 750 milhões

Elétrica irá realizar junto ao BTG uma operação de longo prazo com a oferta de cotas de um fundo de investimento em direitos creditórios da empresa

Eletrosul: elétrica irá realizar junto ao BTG uma operação com a oferta de cotas de um fundo de investimento em direitos creditórios da empresa (Steve Hockstein/Bloomberg)

Eletrosul: elétrica irá realizar junto ao BTG uma operação com a oferta de cotas de um fundo de investimento em direitos creditórios da empresa (Steve Hockstein/Bloomberg)

R

Reuters

Publicado em 3 de novembro de 2016 às 13h35.

Última atualização em 3 de novembro de 2016 às 14h01.

São Paulo - A estatal Eletrosul, subsidiária do Grupo Eletrobras, recebeu autorização para oferecer recebíveis como garantia em uma operação financeira junto ao Banco BTG Pactual que terá como objetivo a captação de 750 milhões de reais.

Segundo despacho da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no Diário Oficial da União desta quinta-feira, a elétrica irá realizar junto ao banco uma operação de longo prazo estruturada por meio da oferta de cotas de um fundo de investimento em direitos creditórios da empresa (FDIC).

A criação de um FDIC é uma operação que na prática possibilita a uma empresa antecipar o recebimento de recursos, ao vender para investidores cotas em uma receita futura da companhia, em troca de uma taxa de desconto.

Confira aqui a íntegra do despacho da Aneel.

Acompanhe tudo sobre:BTG PactualEletrobrasEletrosul

Mais de Negócios

Vem aí a terceira edição do Ranking EXAME Negócios em Expansão

Nos 30 anos do Real, Mercado Pago lança cédula celebrativa

Nas franquias de educação, 83% dos alunos estão na sala de aula (e não em aulas online)

Eles começaram do zero, viraram referência em franquias e revelam segredos para sucesso nos negócios

Mais na Exame