Eletrobras diz que avalia compra de participação na EDP

Empresa ainda não revelou detalhes. Jornal divulgou negociação de compra de até 10% da companhia portuguesa

São Paulo – A Eletrobras afirmou nesta quinta-feira que está avaliando compra de participação na empresa de energia de Portugal EDP, após um jornal ter publicado nesta semana que a estatal negocia a compra de 10 por cento da companhia.

“O investimento (…) encontra-se em fase de análise técnica e econômico-financeira interna não sendo possível divulgar, no momento, qualquer dado relativo a este estudo”, afirma a Eletrobras em comunicado ao mercado, respondendo a um pedido de esclarecimentos feito pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“Caso este estudo venha a demonstrar viabilidade e seja aprovado pelos órgãos decisórios da companhia informaremos por meio de um comunicado ao mercado”, afirma a Eletrobras em uma curta resposta à CVM.

Na semana passada, o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, afirmou que a estatal poderia comprar três ou quatro distribuidoras de energia ainda em 2011. Segundo ele, as distribuidoras estariam em Roraima, Amapá e Goiás.

A empresa tem um programa de investimentos de 10,16 bilhões de reais para 2011, dos quais 3,33 bilhões serão voltados a geração de energia e 2,27 bilhões a transmissão.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.