Electronic Arts é eleita a pior empresa dos EUA

Produtora recebeu 64% dos votos na eleição promovida pelo site The Consumerist, dedicado a avaliar a opinião do consumidor

São Paulo – A Electronic Arts, produtora de games como o sucesso Fifa 12, foi eleita a pior empresa dos Estados Unidos, segundo uma votação promovida pelo site The Consumerist, dedicado a avaliar a opinião do consumidor.

De acordo com a apuração dos votos, a EA recebeu 64,03% dos cerca de 250 mil votos. O Bank of America aparece na segunda posição, com 35,97% dos votos.

“Para aqueles que zombam sobre como uma empresa de artigos não essenciais pode levar o prêmio de pior empresa dos Estados Unidos, esse é exatamente o tipo de atitude que permite que pessoas ignorem as queixas de seus clientes e levem suas empresas à morte”, afirmou o The Consumerist.

Apesar das criticas, games da EA continuam sucesso de vendas em todo o mundo. Lançado em setembro e outubro do ano passado, Fifa 12 e Battlefield 3 superaram a marca de 10 milhões de cópias vendidas, informou a empresa em fevereiro passado. A receita da EA em 2011 foi de 3,5 bilhões de dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.