A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Lucro da EDF sobe 16,9% em 2012, para 4,22 bilhões de euros

A maior operadora de energia nuclear do mundo disse também que planeja cortar até 1 bilhão de euros (US$ 1,34 bilhão) em custos neste ano

Londres - A empresa francesa Electricité de France (EDF), na qual o governo da França tem uma participação de 85%, disse que seu lucro líquido subiu 16,9% em 2012, para 4,22 bilhões de euros, do lucro de 3,61 bilhões de euros em 2011.

O resultado inclui a primeira parcela do esquema governamental para subsidiar energia renovável, chamado de CSPE. Os analistas tinham previsto um lucro líquido de 3,8 bilhões de euros. Excluindo o pagamento, o lucro líquido avançou 5,3% no ano passado, para 3,32 bilhões de euros, de 3,15 bilhões de euros um ano antes.

A maior operadora de energia nuclear do mundo disse também que planeja cortar até 1 bilhão de euros (US$ 1,34 bilhão) em custos neste ano e mais reduções estão previstas para os próximos anos, à medida que tenta reduzir sua dívida e obter margem financeira adicional para investimentos planejados.

A produção da empresa recuou 16,2 terawatts por hora no ano passado, para 404,9 terawatts por hora, à medida que os fechamentos crescentes de reatores nucleares para manutenção mais que ofuscaram o aumento da produção hidrelétrica. O grupo prevê que a produção fique entre 410 terawatts e 415 terawatts por hora neste ano.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) aumentou 7,7% em 2012, para 16,08 bilhões de euros, de 14,94 bilhões de euros em 2011, impulsionado pelo aumento das tarifas de energia na França e pela redução das despesas operacionais. Os analistas tinham previsto um Ebitda de 16,23 bilhões de euros.

No fim do ano passado, a dívida do grupo totalizou 9,2 bilhões de euros, ante 33,3 bilhões de euros um ano antes, incluindo o efeito do CSPE. Excluindo esse fator, a dívida líquida foi de 41,6 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também