Goldman Sachs tem novo comando no Brasil

Banco de investimento será chefiado por Fábio Bicudo e Antônio Pereira, que ficarão no lugar de Daniel Wainstein

São Paulo - O Goldman Sachs comunicou esta manhã aos funcionários que Fábio Bicudo e Antônio Pereira assumem, hoje, a chefia do banco de investimento no Brasil. Os dois, que compartilhavam a diretoria de operações, passam a dividir a gestão do banco de investimento, substituindo o chairman Daniel Wainstein, que deixa o grupo. “Não há uma mudança de estratégia, mas acreditamos que os dois farão uma gestão agressiva à frente do banco”, disse Stephen Scherr, chefe do Goldman Sachs para América Latina.

Bicudo está no banco desde 1999 e Pereira, desde 1996. “São dois executivos que conhecem o mercado brasileiro e também conhecem os executivos do banco no mundo todo, o que facilita a colaboração nos negócios”, disse Scherr. Wainstein havia sido promovido a chairman da operação brasileira em abril do ano passado.

O último ano foi agitado na operação brasileira do banco. O Goldman Sachs encerrou a gestão local de fundos de investimentos, fez um aporte de 410 milhões de reais na subsidiária brasileira, dobrando o patrimônio do banco local, e agora alterou o comando. Também mudou de sede, em São Paulo, para um escritório com capacidade para o dobro de sua equipe – hoje de 315 funcionários. O presidente mundial, Garry Cohn, estará no Brasil na primeira semana de abril para se reunir com clientes brasileiros no novo escritório.

Scherr diz que não há novas alterações previstas e que, apesar de 2012 ter sido um ano fraco para bancos de investimento no Brasil, continua otimista com o potencial de negócios no país. “A demanda por projetos de infraestrutura e o crescimento do consumo no Brasil trazem implicações positivas para a indústria financeira. Queremos participar disso nas áreas de renda variável, renda fixa e gestão de patrimônio”, disse.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.