Deutsche Bank pagará US$ 554 milhões para encerrar acusação de fraude

Banco provocou bilhões de dólares em perdas tributárias aos Estados Unidos

Nova York - O Deutsche Bank pagará 554 milhões de dólares aos Estados Unidos, após admitir sua responsabilidade em um caso de fraude fiscal maciça, anunciou esta terça-feira o promotor-geral de Nova York.

O banco alemão admitiu participação em "transações financeiras que se tornaram refúgios fraudulentos para evadir impostos, que geraram bilhões de dólares em perdas tributárias aos Estados Unidos", destacou, em comunicado, o gabinete do promotor-geral do distrito sul de Nova York.

O pagamento de 553,6 milhões de dólares representa o total das comissões recebidas pelo Deutsche Bank por sua participação na fraude, impostos e juros que as autoridades americanas perderam, além de uma multa de US$ 149 milhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também