De olho em bolsas e exportações, Arezzo&Co anuncia compra da HG e Sunset

Empresa anunciou a compra das empresas Sunset e HG, de exportação e fabricação de bolsas, por R$ 43 milhões
Arezzo: duas novas aquisições para reforçar produção de bolsas e exportações (Arezzo&Co/Divulgação)
Arezzo: duas novas aquisições para reforçar produção de bolsas e exportações (Arezzo&Co/Divulgação)
Por Maria Clara DiasPublicado em 14/04/2022 07:00 | Última atualização em 14/04/2022 00:05Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Arezzo&Co, dona de diversas marcas de moda como Arezzo, Schutz, Anacapri, Vans e Reserva, anunciou ao mercado, nesta quinta-feira, a aquisição de duas empresas como parte de um plano de expansão pós follow-on e crescimento acelerado. A empresa adquiriu as companhias HG e Sunset, de exportação de produtos e fabricação de bolsas.

As compras são um esforço direto da companhia para reforçar suas linhas de produção e assumir o controle de toda a cadeia de suprimentos. O plano já havia sido antecipado pela empresa em janeiro deste ano, durante operação de follow-on que captou mais de R$ 850 milhões.

À época, a Arezzo&Co afirmou o interesse em dobrar a aposta em aquisições, especialmente de empresas que a ajudassem na extensão de sua capacidade fabril e logística. Até o momento, a empresa não possuía unidades fabris dedicadas à produção de outros acessórios além dos sapatos. Agora, com a HG, de bolsas, a Arezzo tem a oportunidade de aumentar sua relevância em uma categoria já responsável por 17% das vendas do grupo.

“Como anunciamos ao mercado, consolidar a cadeia produtiva é uma maneira de garantir a qualidade do nosso fornecimento num momento em que aceleramos nosso crescimento, e as aquisições de HG e Sunset são passos fundamentais nessa estratégia”, disse, em nota, Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co. “Estamos seguros que este movimento irá solidificar ainda mais um de nossos grandes diferenciais estratégicos, a gestão verticalizada da cadeia de valor, agora com foco também no controle do P&D de bolsas”.

De outro lado, com a chegada da Sunset no portófilo, a empresa pretende ampliar a capacidade de exportação de produtos. É uma vertical que ganha destaque devido à relevância das vendas internacionais nas contas da Arezzo. Hoje a receita do grupo com exportações representa cerca de 10% do faturamento do negócio, que, em 2021, somou R$ 3,6 bilhões — uma alta de 80% ante 2020.

Com as aquisição, que teve valor de R$ 43 millhões —  pagos também em ações da Arezzo —,  o sócio-fundador de Sunset e HG, João Fernando, passará a integrar o corpo executivo da diretoria e se torna acionista da companhia.