Dados de milhões de clientes da Time Warner ficaram desprotegidos

Os arquivos foram descobertos em 24 de agosto, sem o uso de uma senha, por pesquisadores da Kromtech Security Center
Time Warner: as informações foram removidas imediatamente após a descoberta pelo fornecedor (Time Warner/Divulgação)
Time Warner: as informações foram removidas imediatamente após a descoberta pelo fornecedor (Time Warner/Divulgação)
R
ReutersPublicado em 01/09/2017 às 16:34.

Cerca de quatro milhões de registros da Time Warner Cable contendo detalhes de seus clientes foram encontrados desprotegidos em um servidor da Amazon no mês passado, informou o site de tecnologia Gizmodo nesta sexta-feira.

Os arquivos, que tem mais de 600 gigabytes, foram descobertos em 24 de agosto, sem o uso de uma senha, por pesquisadores da Kromtech Security Center, noticiou o site de tecnologia.

"Um fornecedor nos notificou que certas informações não financeiras de clientes da Time Warner, que usaram o aplicativo MyTWC, se tornaram potencialmente visíveis por fontes externas", disse a Charter Communications, controladora da Time Warner Cable, em um e-mail.

As informações foram removidas imediatamente após a descoberta pelo fornecedor e o incidente sendo investigado, disse a Charter.

O vazamento está eventualmente relacionado à BroadSoft, empresa de comunicações que fez parcerias com provedores de conteúdo, incluindo AT&T e TWC, disse o Gizmodo. A Broadsoft não foi imediatamente encontrada para comentários.