Corte aprova fusão da American Airlines com US Airways

A fusão entre as companhias criará a maior empresa aéra do mundo

Washington - A American Airlines recebeu uma aprovação judicial na corte de falências para a fusão com a US Airways e, com isso, criar a maior empresa aérea do mundo.

"A fusão é um resultado excelente. Não acho que alguém coloque isso em dúvida", afirmou o juiz Sean H. Lane antes de emitir a decisão na quarta-feira (27).

No entanto, o juiz não aprovou uma indenização de US$ 19,9 milhões para Tom Horton, atual CEO da AMR, controladora da American Airlines. Horton está em processo de saída da empresa.

"Aprovar isso hoje simplesmente não é apropriado", disse Lane. O juiz pretende emitir uma decisão por escrito em uma data posterior detalhando sua decisão. As informações são da Dow Jones.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.