Esse grupo quer levar o mundo das startups para as franquias

A 300 Franchising é uma holding de aceleração de franquias, que ajuda na expansão de 42 marcas

Os negócios de fusões e aquisições vivem um de seus momentos mais intensos ns últimos meses. Apenas durante as festas de final do ano, quase 2.500 operações do tipo foram realizadas em todo o mundo, segundo dados da Bloomberg. No Brasil, o setor de franquias também vê exemplos de consolidação.

A 300 Franchising é um desses exemplos. A holding de aceleração de franquias, que ajuda na expansão de 42 marcas, anunciou a compra de 50% da Loja de Franquias, consultoria que já comercializou marcas como Bobs, Wizard e Casa do Construtor. 

A empresa busca se consolidar como uma consultoria de expansão para franquias, assim como o grupo Cherto. Fundada por Leandro Castelo, a 300 já tem 40 marcas aceleradas e o objetivo é fortalecer o ecossistema de franquias no país. "O mercado de franquias já conhece o termo expansão de franquias, mas a nossa aceleração tem uma mentalidade de startup, com metodologias ágeis e inteligência de mercado", afirma Castelo.

A história de Castelo no sistema de franquias já vem de outras empreitadas. Ele começou a empreender em 2007, ao fundar a Ecoville, ao lado de seu pai, Edmar, e o irmão, Leonardo. Hoje maior rede varejista de produtos de limpeza do país, a Ecoville começou como um modelo de vendas porta a porta até que, em 2012, abriu a primeira loja. Em 2015, já com 140 lojas próprias, a empresa abriu sua primeira franquia e fechou o ano passado com mais de 320 unidades, entre próprias e franquias.

Aceleração de franquias

Com base no conhecimento adquirido nessa expansão - e depois de quase quebrar - Castelo decidiu abrir a 300 Franchising, empresa de aceleração de franquias, ao fim de 2018. A 300 analisa diversas redes de franquias, realiza um aporte e, com base em mentorias e treinamentos, ajuda a rede a se expandir. O objetivo é que cada empresa acelerada tenha condições de abrir 60 unidades por ano, até chegar no emblemático número de 300 unidades. "Se uma marca de açaí ou pastel atingir 300 unidades, se torna líder de mercado", diz o fundador.

Os irmãos Leandro e Leonardo são sócios e fundadores da 300 Franchising. Os irmãos Leandro e Leonardo são sócios e fundadores da 300 Franchising.

Os irmãos Leandro e Leonardo são sócios e fundadores da 300 Franchising. (300 Franchising/Divulgação)

O investimento ocorre por meio da compra de cerca de 35% de participação na empresa. A expectativa é realizar o exit, ou desinvestimento, dessas redes a outros investidores e recuperar o valor dos aportes. "O mercado de franquias já conhece o termo expansão de franquias, mas a nossa aceleração tem uma mentalidade de startup, com metodologias ágeis e inteligência de mercado", afirma Castelo.

Hoje já são mais de 42 marcas aceleradas, que administram mais de 2.500 unidades e empregam mais de 10 mil pessoas. Todos os negócios acelerados somam faturamento de 1 bilhão de reais. A expectativa é chegar a 100 marcas aceleradas em 2022. 

Com a aquisição da Loja de Franquias, a 300, hoje uma grande consultoria de aceleração de franquias deve fechar o círculo e se tornar, ela mesma, uma franquia. A ideia é ter escritórios em diferentes capitais para dar consultoria de expansão e crescimento para outras redes de franquias. 

Outras aquisições

O Grupo SMZTO, do empreendedor José Carlos Semenzato, anunciou no início de dezembro um aporte na rede Terça da Serra, que conta com 36 casas de repouso para idoso. O grupo já tem em seu portfólio outras 12 redes.

Já o Espetto Carioca, rede carioca com 30 bares e restaurantes, comprou a rede Bendito, com cinco unidades especializadas em cookies, brownies e cafés. A rede também inaugurou o frigorífico Carioca Foods, que ficará responsável por abastecer os restaurantes da rede. Com essas operações, criou o Grupo Impettus. A expectativa é atingir um faturamento de 120 milhões de reais até 2022. 

Outro grupo de franquias recém formado é a Park Education, que faturou 30 milhões de reais no ano passado. Até então chamada de Park Idiomas, a rede com 20 anos de mercado e 73 unidades passou a oferecer cursos que vão além do ensino de idiomas. Depois dessa mudança, a rede comprou a escola de robótica Code8734, com três unidades lançadas e outras três previstas para fevereiro, e amplia agora seu hub de educação. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.