Conheça a picape elétrica Nikola Badger, rival do Tesla Cybertruck

A montadora do Arizona, nos EUA, acaba de anunciar que o modelo poderá ser encomendado a partir do próximo dia 29 de junho

O mercado de veículos elétricos está ficando cada vez mais disputado com a evolução de montadoras pouco tradicionais – se comparadas a centenárias empresas como General Motors e Ford. Não só a Tesla, de Elon Musk, está avançando: a Nikola Motors, de caminhões elétricos do Arizona, Estados Unidos, acaba de anunciar a pré-venda da picape elétrica Badger, que poderá ser encomendada a partir do final deste mês.

Trata-se de um modelo híbrido, que pode rodar só com o motor elétrico – com promessa de autonomia de até 965 quilômetros – ou combinado à célula de combustível de hidrogênio, um tipo de gás três vezes mais eficiente do que a gasolina e com zero emissões.

A Nikola Motors também promete baterias mais leves, um grande desafio da indústria automotiva no sentido da eletrificação.

 

Picapes fazem parte do segmento mais apreciado nos Estados Unidos. Prova disso é o fato de uma picape a combustão ser o modelo mais vendido do mercado americano há 37 anos consecutivos.

A Nikola Badger oferece uma central multimídia bastante tecnológica e todo o conforto que os modelos vendidos nos Estados Unidos geralmente entregam.

Picape elétrica Nikola Badger

Picape elétrica Nikola Badger (Nikola Motors/Divulgação)

A picape da montadora do Arizona vem para disputar um segmento em que a Tesla é líder nos Estados Unidos, o de elétricos. O Model 3 é disparado o mais vendido entre os modelos zero emissões no mercado americano e a estratégia agressiva de Musk vem conquistando os consumidores.

Recentemente, a Tesla apresentou ao mercado o Cybertruck, que promete ser uma espécie de picape “tanque de guerra”, para qualquer condição de rodagem, embora tenha tido um embaraçoso imprevisto em sua apresentação oficial.

A Nikola Motors informou que a Badger poderá ser encomendada a partir do dia 29 de junho. Preços não foram divulgados, mas estima-se que custem entre 60 mil e 90 mil dólares. Um preço bastante alto para os padrões americanos, embora a promessa seja de potência, tecnologia e, principalmente, zero emissões. Será um custo baixo para um produto que quer entregar muito mais do que mobilidade?

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.