Apresentado por COMPRA AGORA

Compra Agora usa tecnologia e dados para facilitar a vida de pequenos e médios varejistas

Plataforma conecta lojistas a mais de 40 indústrias de maneira eficiente e personalizada. Serviços de crédito também fazem parte do ecossistema
Juliana Carsoni, gerente-geral do Compra Agora: plataforma já tem mais de 400 mil clientes cadastrados e faturou R$ 4 bilhões só no ano passado (Compra Agora/Divulgação)
Juliana Carsoni, gerente-geral do Compra Agora: plataforma já tem mais de 400 mil clientes cadastrados e faturou R$ 4 bilhões só no ano passado (Compra Agora/Divulgação)
e
exame.solutionsPublicado em 29/07/2022 às 09:00.

Usar tecnologia e ciência de dados para turbinar os resultados do negócio é uma oportunidade conhecida e que vem sendo colocada em prática cada vez mais. Pensando no universo dos pequenos e médios empresários, que compram milhares de itens de centenas de fornecedores diferentes, poder adquirir sortimento de forma inteligente, em um ambiente online disponível 24h por dia, traz mais praticidade para o processo de reposição de estoque e permite que o tempo extra seja dedicado ao atendimento e administração do negócio.

E foi justamente para sanar as dores desse público que surgiu o Compra Agora. Reunindo mais de 40 indústrias e 100 distribuidores, ele possibilita que pequenos e médios varejistas concentrem cerca de 25% da cesta de compras para o seu negócio em um único serviço por meio de seu site, app e até pelo WhatsApp.

Com inteligência de dados, o Compra Agora também ajuda a entender melhor cada negócio para que a compra seja feita de forma cada vez mais assertiva. “Além de possibilitar que o varejista compre tudo de uma vez pelo canal da preferência dele, nós ainda entregamos ofertas personalizadas, com um sortimento ideal baseado no histórico dele, na sua concorrência e até nos padrões de aderência entre diferentes produtos. Tudo isso faz parte de nossa proposta de valor”, explica Juliana Carsoni, gerente-geral do Compra Agora.

O Compra Agora já tem mais de 400 mil clientes cadastrados pelo Brasil e faturou R$ 4 bilhões só em 2021. Com um mercado potencial estimado em 1 milhão de estabelecimentos, para esse ano a expectativa é crescer mais 25%.

Soluções financeiras

Acelerado pelo boom de transformação digital trazido pela pandemia, em 2020 o Compra Agora se tornou uma empresa independente de sua mãe, a Unilever, e se estabeleceu como um ecossistema completo para o pequeno e médio varejista.

Além da conexão direta com as indústrias, a plataforma hoje oferece dezenas de produtos e serviços desenhados exclusivamente para esse público: pagamento de contas, bens físicos que melhoram a experiência do ponto de venda e, principalmente, crédito para compras, renegociação de boletos e capital de giro.

“No começo, cerca de 40% dos lojistas não conseguiam aprovação de crédito na hora de comprar. Hoje, reduzimos esse percentual a quase zero”, conta Juliana. “Oferecemos até nove vezes mais crédito do que antes, e para um número maior de lojas. E de acordo com a gestão dele, ainda existe flexibilidade de pagamento, porque sabemos quanto isso é importante para esse tipo de cliente.”

Dentro do ecossistema do Compra Agora, os pequenos e médios varejistas encontram ainda conteúdos que os ajudam a melhorar sua gestão financeira e até as estratégias de comunicação com os seus clientes. É o blog “Sua Loja Aberta” que busca cultivar com os lojistas uma relação além da transacional.

“Fazer os pequenos e médios varejistas brasileiros prosperarem de maneira perene é a nossa razão de existir, e entendemos que nessa missão temos um impacto social muito relevante, porque geramos emprego e renda localmente”, explica a executiva. “Comprar bem faz parte do vender bem. E comprando bem, esses lojistas conseguem ter mais tempo para focar nos diferenciais dele, como o bom atendimento na loja. Sem tempo para isso, é difícil que todo o resto aconteça.”