A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Comissão Europeia barra fusão entre Siemens e Alstom

O órgão justificou a decisão dizendo que a fusão teria ferido a competição nos mercados de sinalização de ferrovias e de trens de altíssima velocidade

São Paulo - A Comissão Europeia proibiu a aquisição da Alstom pela Siemens, alegando que a fusão teria ferido a competição nos mercados de sistemas de sinalização de ferrovias e de trens de altíssima velocidade. As empresas, segundo Bruxelas, não ofereceram soluções suficientes para lidar com essas preocupações.

"Siemens e Alstom são ambas líderes da indústria ferroviária. Sem remédios suficientes, essa fusão teria resultado em preços mais altos para sistemas de sinalização que mantêm passageiros seguros e para a próxima geração de trens de altíssima velocidade", disse a comissária para competição da UE, Margrethe Vestager.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também