Com vacina, CEO do Goldman aposta em retorno aos escritórios até fim do ano

O CEO do Goldman disse estar animado pela quantidade de vacinas produzidas, mas é preciso encontrar maneiras flexíveis e eficientes de distribui-las

O diretor-presidente do Goldman Sachs, David Solomon, disse que espera ter todos os funcionários de volta aos escritórios até o fim do ano, à medida que a distribuição das vacinas aumenta.

“O grande foco agora é que temos que vacinar as pessoas - temos que ir para o outro lado”, disse Solomon em entrevista à Bloomberg Television na terça-feira. “Eu certamente esperaria muitos funcionários do Goldman Sachs de volta por completo até o fim do ano. Vamos superar isso, e estou realmente esperançoso de que, ao longo dos próximos seis meses, veremos uma melhora real.”

O CEO do Goldman disse estar animado pela quantidade de vacinas produzidas, mas é preciso encontrar maneiras flexíveis e eficientes de distribui-las, o que, segundo ele, será o maior desafio do governo do presidente eleito Joe Biden. Além das ações do governo, o setor privado pode desempenhar um papel na aceleração da vacinação, afirmou.

“Ainda há trabalho a ser feito”, disse. “E, depois de lidarmos com a vacina e com o vírus e as pessoas se sentirem seguras, ainda teremos que lidar com as consequências econômicas das paralisações e com o impacto da pandemia sobre nossa economia.”

--Com a colaboração de Sonali Basak.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.