Negócios

Com salário de Casemiro é possível comprar 43 franquias do Mc Donald's em um ano; veja outras opções

Autor do gol da seleção contra a Suíça, Casemiro poderia se tornar franqueado de algumas das maiores franquias do Brasil

I

Isabela Rovaroto

Publicado em 28 de novembro de 2022, 19h08.

O volante brasileiro Casemiro marcou o único gol da partida contra a Suíça nesta segunda-feira, 28, durante a fase de grupos da Copa do Mundo do Catar. Com a vitória, o Brasil assume a liderança do Grupo G com seis pontos e e garantiu sua classificação para as oitavas.

Acesse o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Com uma conta gratuita.

Faça parte

O atleta brasileiro joga atualmente no Manchester United e recebe 18,2 milhões de libras, aproximadamente R$ 112 milhões por ano, de acordo com o The Sun.

Continua após a publicidade

Casemiro joga também em outra posição. Ele é fundador e CEO da Case Esports, empresa do segmento de jogos eletrônicos criada outubro em 2020.

Veja também

Com o salário milionário, Casemiro conseguiria se tornar franqueado de algumas das maiores redes de franquias do Brasil — e do mundo. Veja algumas opções:

Continua após a publicidade

1. Mc Donald's

No segmento de alimentação, ele poderia ser um franqueado do Mc Donald's no Brasil. A rede cobra a partir de R$ 2,6 milhões para abrir um restaurante.

2. L'entrecôte de Paris

Para ser um franqueado do restaurante francês com prato único, Casemiro teria que investir R$ 1,5 milhão.

3. Ragazzo

O Ragazzo, marca de coxinhas do Grupo Habib’s, cobra cerca de R$ 3 milhões para novos franqueados que queiram abrir restaurantes grandes de rua.

3. Smart Fit

Se ele quiser empreender na área de esportes, a Smart Fit cobra a partir de R$ 3,5 milhões para novos franqueados. Em modelos menores, os investimentos vão de R$ 650 mil a R$ 950 mil.

5. Kopenhagen

A marca de chocolate do Grupo CRM tem atualmente mais de 550 unidades no Brasil. O investimento inicial para se tornar um franqueado varia entre R$ 200 mil e R$ 1 milhão, de acordo com o modelo de loja.

VEJA TAMBÉM:

Continua após a publicidade

Últimas notícias

ver mais

Continua após a publicidade

Brands

ver mais

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais