A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Com queda no Brasil, Volkswagen vai exportar Up! para o Peru

Produzido na fábrica da montadora em Taubaté, no interior de São Paulo, o modelo já é exportado para Argentina, Uruguai e México

São Paulo - Maior exportadora de veículos produzidos no Brasil, a Volkswagen informou na manhã desta segunda-feira, 28, que vai começar a exportar o up! para o Peru a partir do primeiro trimestre de 2016.

Produzido na fábrica da montadora em Taubaté, no interior de São Paulo, o modelo já é exportado para Argentina, Uruguai e México, além de comercializado no próprio mercado interno.

Com a queda das vendas no Brasil e a depreciação do câmbio, as montadoras têm apostado cada vez mais no mercado externo.

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, as unidades exportadas por todas as marcas cresceram 18,9% em relação a igual período do ano anterior, para 369,4 mil, segundo dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). No mercado doméstico, as vendas recuaram 25,2% no mesmo tipo de comparação, para 2,34 milhões de veículos.

Mesmo sendo uma novidade no mercado, o up! não ficou imune à retração das vendas. Lançado em fevereiro de 2014, o modelo somou 49,3 mil vendas no acumulado de janeiro a novembro de 2015 (onze meses), recuo de 16% nas vendas internas ante o período entre fevereiro e dezembro do ano passado (onze meses).

Com a exportação do up! para o Peru, a Volkswagen pretende ampliar seus resultados no exterior. A montadora alemã apresentou crescimento de 27% nas vendas externas totais em 2015, com 107 mil veículos exportados.

Internamente, a empresa registra queda nas vendas, de 35% no acumulado do ano, e perde participação de mercado, de 17,33% em 2014 para 14,79% em 2015. No Brasil, o up! é oferecido em oito versões, mas para o Peru serão apenas quatro: take up!, move up! e high up! 4 portas e câmbio manual.

O modelo mais exportado pela Volkswagen em 2015 foi o Gol, com 47.222 unidades. O maior cliente dos veículos produzidos pela marca no Brasil continua sendo a Argentina, para onde foram embarcadas 57.870 unidades.

"A Volkswagen reforçou sua estratégia de exportação e incrementou o portfólio com novos produtos, como up!, o CrossFox, e versões do Gol e Saveiro, por exemplo, que têm tido uma excelente aceitação nesses mercados, conseguindo com isso impulsionar as exportações da marca. Em 2016, novos mercados devem receber nossos produtos", afirma o Vice-Presidente de Vendas e marketing da Volkswagen do Brasil, Jorge Portugal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também