Negócios
Acompanhe:

Com apoio de influenciadoras no marketing, loja online de óculos de grau fatura R$ 7 milhões

Franciny Ehlke, Gabi Brandt, Kefera, Larissa Manoela, Luisa Sonza e Gkay são algumas das influenciadoras que já trabalharam com o e-commerce de óculos de grau Menina Flor

 (Menina Flor/Divulgação)

(Menina Flor/Divulgação)

I
Isabela Rovaroto

10 de novembro de 2022, 19h52

Fundado em 2017, o e-commerce de óculos de grau Menina Flor faturou no último ano cerca de R$ 7 milhões e prevê crescimento de 30% neste ano.

De olho no público jovem e com forte presença nas redes sociais, a loja online comercializa as armações já com as lentes de grau, de modo que os clientes já recebem os óculos prontos para uso.

"Em um ano vimos nosso faturamento crescer R$ 3 milhões. A pandemia fez a empresa dobrar de tamanho. Nós já estávamos estruturadas e operando no digital, ou seja, não precisamos fechar as portas ou parar nossa operação durante o lockdown. Pelo contrário, crescemos exponencialmente", diz a sócia-fundadora Maria Claudia.

Quem são as empreendedoras

A loja online foi criada pelas irmãs Maria Claudia, biomédica, e Daniela Andrade, enfermeira, após o filho da Daniela ter sido diagnosticado com autismo. A Menina Flor surgiu como uma alternativa de renda e ao mesmo tempo, proporcionar o tempo necessário para os cuidados e o tratamento médico do filho da Daniela.

Assine a EMPREENDA e receba, gratuitamente, uma série de conteúdos que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio.

As empresárias, que têm como origem uma família de comerciantes, também do ramo de óticas, decidiram inovar e criar uma loja online, diferente do que era feito pelos familiares. Ambas abandonaram suas profissões de formação e decidiram se arriscar no novo negócio.

O investimento inicial na criação da marca foi de R$30 mil, incluindo compra de mercadorias, criação do e-commerce e impulsionamento do Instagram, que elas mesmas faziam.

Como funciona

Atualmente, a empresa já possui 20 funcionários, entre administrativo, jurídico e modelos de prova de óculos, que ajudam os clientes na escolha do melhor modelo e vendem cerca de 3 mil óculos por mês.

"O segredo para vender óculos na internet não é o formato dos óculos ou do rosto e sim o tamanho. A dica que nós damos é para que a cliente meça o tamanho da armação que já tem em casa e busque no site armações de tamanhos semelhantes, mesmo que em outros formatos", explica Maria Claudia.

Atualmente, o e-commerce tem cerca de 300 modelos de óculos disponíveis para venda, com preços que variam de R$ 99 a R$ 129. De acordo com Daniela, 80% das clientes compram os óculos completo, com lente de grau.

"Nosso público principal são mulheres, de 20 a 35 anos, que querem ter óculos bonitos e da moda, mas com preços mais acessíveis. Temos uma baixa taxa de devolução, pois tentamos ao máximo ajudar nossas clientes a fazerem as melhores escolhas", diz.

Redes sociais

Outra estratégia adotada pelas irmãs foi apostar na parceria com blogueiras e influenciadoras.

O perfil da marca no Instagram conta atualmente com quase 800 mil seguidores, grande parte deles trazidos por nomes como Evelyn Regly, Bianca Andrade (Boca Rosa), Franciny Ehlke, Viih Tube, Mari Maria, Laura Brito, Gabi Brandt, Sarah Poncio, Kefera, Larissa Manoela, Luisa Sonza, Gkay, entre outras que já fizeram publicidade para Menina Flor.

Agora, a marca quer ir além do digital. No próximo ano, a primeira loja física deve ser inaugurada em São Paulo. Elas investiram R$ 150 mil e acreditam que o faturamento deve crescer 30%.

"A gente quer abrir uma loja física no próximo semestre para proporcionar uma experiência diferente para quem já é nosso clientes, além de atrair novos públicos", diz Maria Claudia.