Com chinesas, oferta de carros de sete lugares cresce no Brasil

Um nicho nada popular -- mas altamente rentável -- volta a se destacar no mercado nacional com o Tiggo 8, da Caoa Chery, e o T80, da JAC

Apesar de pouco conhecidos, os carros de sete lugares são o sonho de consumo das famílias que querem espaço e conforto. No entanto, esse mercado sempre foi extremamente restrito e com preços elevadíssimos no Brasil.

Mas já há algum tempo as marcas chinesas vêm com a proposta de custo-benefício para garantir uma fatia dessa rentável categoria.

O lançamento mais recente é o Tiggo 8, da Caoa Chery. Alguns dos atributos do SUV são o motor turbo e o câmbio de sete velocidades, além de alguns “luxos” como teto solar panorâmico, multimídia com tela de 10,25 polegadas de alta resolução, banco do motorista com ajuste elétrico, carregador de celular por indução (sem fio) e câmera 360 graus.

O modelo é produzido na planta de Anápolis, em Goiás, em parceria da Caoa com a chinesa Chery.

Tiggo 8, da Caoa Chery: conforto e sete assentos para passageiros

Tiggo 8, da Caoa Chery: conforto e sete assentos para passageiros (Caoa Chery/Divulgação)

Outro modelo, dessa vez puramente chinês, promete conforto e tecnologia. O T80, da JAC Motors, tem capacidade para sete passageiros e, assim como o SUV da Caoa Chery, possui a opção de transformar o sexto e o sétimo assentos em um grande porta-malas.

Além disso, possui outros itens “premium” como teto solar, aquecedor de banco do motorista, porta-copos no banco traseiro, entre outros. A JAC tem apostado na estratégia de reposicionar a marca no Brasil, após inúmeros altos e baixos do mercado na última década.

Interior do JAC T80, de sete lugares

Interior do JAC T80, de sete lugares (JAC Motors/Divulgação)

Comparados aos modelos de sete lugares mais conhecidos do mercado brasileiro, os chineses querem brigar principalmente por preço: os carros da concorrência são mais caros ou têm menos itens de conforto e tecnologia embarcados.

 

Confira os principais carros do mercado brasileiro com sete lugares:

 

Toyota SW4

O modelo da montadora japonesa possui a opção de sete assentos e custa a partir de 212.000 reais.

 

JAC T80

Com proposta de conforto e inúmeros itens de “luxo”, o T80 da chinesa JAC Motors custa a partir de 149.990 reais.

 

Tiggo 8

O Tiggo 8 possui uma única versão e o valor de tabela é 168.600 reais, mas o modelo está com preço promocional de lançamento de 162.930 reais.

 

Chevrolet Spin

Considerada uma “mini van”, a Chevrolet Zafira protagonizou por muitos anos o mercado de carros de sete lugares até ser substituída pelo Spin, que hoje é um dos mais vendidos da categoria. Custa a partir de 97.290 reais.

 

Fiat Doblò

A Fiat Doblò também é uma velha conhecida do mercado brasileiro e tem mais uma proposta de mini van do que SUV. Custa a partir de 99.990 reais.

 

Hyundai Santa Fe

Com o apelo dos SUVs de luxo, o Hyundai Santa Fe chega ao consumidor com preços a partir de 299.000 reais.

 

Kia Sorento

O Sorento custa a partir de 199.990 reais e também tem a proposta de um SUV de luxo.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.