CNA acusa BB de venda casada no crédito agrícola

"Nós provamos que o BB está fazendo chantagem em cima do produtor. Levamos provas de venda casada. Isso encarece o custo de produção", disse o presidente da CNA

	Banco do Brasil: "Nós provamos que o BB está fazendo chantagem em cima do produtor. Levamos provas de venda casada. Isso encarece o custo de produção", afirmou o presidente da CNA, João Martins da Silva Junior
 (Adriano Machado)
Banco do Brasil: "Nós provamos que o BB está fazendo chantagem em cima do produtor. Levamos provas de venda casada. Isso encarece o custo de produção", afirmou o presidente da CNA, João Martins da Silva Junior (Adriano Machado)
V
Victor MartinsPublicado em 15/10/2015 às 13:55.

Brasília - O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Junior, disse ter apresentado ao Banco do Brasil provas de venda casada em agências da instituição. Produtores rurais estariam sendo levados a comprar outros produtos junto com a contratação do crédito agrícola.

"Nós provamos que o BB está fazendo chantagem em cima do produtor. Levamos provas de venda casada. Isso encarece o custo de produção", afirmou após a abertura do evento "Diálogo agrícola Brasil-Estados Unidos", promovido pela CNA.

O executivo defendeu a ampliação do seguro rural como forma de diminuir riscos e, consequentemente, o custo dos financiamentos. "Não podemos mais ficar a mercê de seguro insignificante, que não cobre nem 4% da nossa área e menos de 20% da nossa produção", avaliou.

"Se tivermos seguro agrícola com cobertura de 50% da produção, teremos facilidade de buscar recursos", afirmou.