China suspende importação de 22 frigoríficos; JBS e Marfrig estão na lista

O país asiático desabilitou temporariamente unidades que têm um ponto em comum: a proliferação de casos de covid-19

O governo chinês desabilitou temporariamente a importação de 22 unidades frigoríficas globalmente pela proliferação de casos de covid-19 nas instalações dessas empresas. As plantas da JBS e da Marfrig, no Rio Grande do Sul e no Mato Grosso, estão na lista, segundo informações do órgão responsável pela área, o China General Administration of Customs (GACC).

Conforme lista obtida pela reportagem da EXAME, das 22 plantas frigoríficas, quatro são brasileiras, duas de abate de bovinos e duas de aves.

O frigorífico Agra também está na lista e foi suspenso no último dia 23, bem como o da Marfrig, desabilitado no dia 27 de junho, segundo a consultoria Agrifatto. O Brasil ainda tem 35 unidades habilitadas para exportação à China.

O Mato Grosso é o estado que mais sofre com as suspensões temporárias: perdeu 25% dos frigoríficos habilitados para a China.

Por outro lado, 20 novas plantas brasileiras estão no radar para ganhar habilitação de exportação para a China.

“Essa suspensão é temporária até os casos diminuírem e a infecção nas plantas ficar controlada. Os chineses são exímios comerciantes e agora estão usando essa estratégia para negociar os preços”, diz Lygia Pimentel, diretora da consultoria Agrifatto. A especialista não descarta, porém, novos bloqueios.

Procuradas pela reportagem da EXAME, Marfrig e JBS informaram que não vão comentar o assunto.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.