Negócios

China aprova plano para desenvolver regras para setor de fintech

Pequim vai procurar aperfeiçoar a regulação do setor, compensar deficiências de inspeção e prevenir riscos financeiros sistêmicos

Por Estadão Conteúdo
Publicado em 23/06/2022 13:21
Última atualização em 23/06/2022 13:42

Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O presidente da China, Xi Jinping, aprovou um plano para padronizar e desenvolver regras para o setor de pagamentos de tecnologia financeira (fintech) após uma reunião do alto escalão sinalizando um alívio do escrutínio regulatório no setor, segundo a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

A principal função de empresas de fintech será servir a economia real, e autoridades locais irão fortalecer a supervisão de firmas de pagamentos e de suas atividades financeiras, segundo reunião liderada por Xi na quarta-feira, 22.

Assine a EMPREENDA, a nova newsletter semanal da EXAME para quem faz acontecer nas empresas brasileiras

Pequim vai procurar aperfeiçoar a regulação do setor, compensar deficiências de inspeção e prevenir riscos financeiros sistêmicos, informou a Xinhua.

Desde o ano passado, o governo chinês endureceu a postura em relação a empresas de internet, como a Alibaba, alegando que o gigante do comércio eletrônico obteve grandes retornos com empréstimos originados sem assumir riscos suficientes.

Na mesma reunião, Xi Jinping também prometeu construir um sistema de dados de infraestrutura e garantir a segurança de dados nacionais.

LEIA TAMBÉM

10 franquias baratas de alimentação para investir a partir de R$ 26 mil


Veja Também