Casio mira expansão no país com foco na linha de relógios premium G-Shock

Em entrevista exclusiva à EXAME, executivos detalharam os planos para crescer no mercado brasileiro com produtos de maior valor agregado

A Casio está preparando uma nova estratégia para crescer no mercado brasileiro, com foco na linha de relógios G-Shock, que representa 60% da receita global do grupo japonês. A empresa acaba de assumir toda a operação de distribuição da divisão de relógios, antes parcialmente terceirizada no Brasil, vai investir no e-commerce próprio e na ampliação do canal de vendas a joalherias.

A linha G-Shock tem como proposta principal a forte resistência a choques e impactos. No Brasil, os preços variam desde 399 reais até mais de 5.000 reais e, segundo a empresa, o plano é ampliar o portfólio.

“Não há produtos similares à linha G-Shock no Brasil. Somos reconhecidos globalmente pela alta qualidade e design”, afirma Masaaki Fujino, diretor comercial da Casio Brasil, em entrevista exclusiva à EXAME.

A Casio atua nas divisões de relógios, instrumentos musicais e calculadoras. Em 2020, a empresa prevê igualar as vendas do ano passado no país, mas na linha G-Shock a previsão é de um crescimento de 15% da receita.

A estratégia ocorre mesmo diante da alta de quase 40% do dólar no acumulado do ano, o que impacta diretamente as operações da companhia, que importa 100% do seu portfólio.

Rodrigo Garavelli, gerente de vendas da divisão G-Shock no Brasil, explica que a partir de 1º de outubro a Casio assumiu a distribuição da linha em todo o país, o que vai contribuir para elevar as vendas neste ano.

Além do apelo ligado a esportes radicais, a marca acredita que o alto valor agregado dos relógios deve impulsionar a demanda no mercado premium.

“A maior parte das vendas da linha G-Shock ainda é nas categorias de entrada no Brasil, mas estamos negociando com redes de joalherias renomadas. O potencial é enorme”, garante Garavelli. “Os relógios da linha acabam sendo também um objeto de desejo, vão além dos benefícios de resistência e funcionalidade.”

Com uma carteira de quase 3.000 clientes cadastrados, o principal canal de vendas da divisão ainda é o de lojas especializadas em relógios, além do comércio ligado a esportes.

Por esse motivo, a empresa afirma que a estratégia para entrar no e-commerce próprio, a partir de novembro, levará em conta todos os cuidados com a rede de distribuição. “Não queremos e não vamos nos tornar concorrentes dos nossos clientes.”

Pandemia

Garavelli relata que, durante a pandemia, as lojas que vendem as linhas de relógios da Casio ficaram fechadas, o que impactou fortemente a receita deste canal. Porém, segundo o executivo, os clientes que têm operação online conseguiram reverter a situação.

Agora, com a operação da linha G-Shock totalmente internalizada, a companhia está otimista. Além disso, a divisão de instrumentos musicais da Casio (que inclui teclados e pianos) cresceu no mix de vendas da companhia durante a pandemia no Brasil, com os consumidores passando mais tempo em casa e investindo em lazer e entretenimento.

Os executivos da empresa reforçam que a matriz vê um grande potencial no Brasil. “Por se tratar de um país emergente, qualquer empresa precisa considerar o Brasil como um mercado importante. A matriz reconhece isso”, diz Fujino.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.