Casas Bahia inicia venda no crediário para 500 mil produtos do marketplace

Com o carnê digital, o cliente poderá parcelar as compras em até 24 vezes, sem precisar de cartão de crédito; solução vale para 170 lojas parceiras
Casas Bahia: marketplace agora tem carnê digital (Divulgação/Divulgação)
Casas Bahia: marketplace agora tem carnê digital (Divulgação/Divulgação)
Por Mariana DesidérioPublicado em 19/02/2022 10:00 | Última atualização em 18/02/2022 19:30Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Casas Bahia começou a oferecer uma solução de crediário para compras feitas em seu marketplace. A facilidade é oferecida para produtos comercializados por 170 lojas parcerias. São mais de 500 mil itens em categorias como decoração, automotivo, alimentos e bebidas, moda e calçados, entre outros.

O futuro do varejo é 100% digital? Entenda assinando a EXAME por menos de R$ 11/mês.

Com o carnê digital, o cliente poderá parcelar as compras em até 24 vezes, sem precisar de cartão de crédito. O acompanhamento do carnê pode ser feito pelo site ou pelo aplicativo da rede.

Além do crediário, o marketplace passa a ofertar também serviços de crédito e soluções financeiras da Via, dona da Casas Bahia. Com isso, a expectativa é gerar maior recorrência e fidelizar clientes. A Casas Bahia já oferecia o carnê digital, mas apenas para produtos vendidos nas lojas da rede.

A Via tem investido pesado em seu marketplace e chegou à marca de 110 mil vendedores parceiros no ano passado, com mais de 34 milhões de produtos disponíveis. As vendas digitais já são responsáveis por 60% do total de vendas da marca.

O carnê digital é mais uma ação da companhia que busca incentivar as compras de itens de maior recorrência em sua plataforma, como produtos alimentícios, de beleza, calçados, moda e decoração.

Cliente recorrente

A recorrência é um ponto importantíssimo para o varejo. Um cliente que se relaciona com uma marca várias vezes -- e torna-se fiel a ela -- é muito valioso. Não à toa, a Via recentemente passou a usar como métrica não apenas a venda realizada, mas o quanto cada cliente que interage com a marca volta a ela depois.

Para reforçar o marketplace, a companhia comprou recentemente a logtech CNT, que oferece soluções de fulfillment, como é chamada a terceirização da logística de comércio eletrônico, e de fullcommerce, a terceirização de todo o serviço, incluindo planejamento e organização da operação de comércio eletrônico.

Com a aquisição, a Via passou a oferecer a opção fulfilment para os lojistas que estão em seu maketplace, assim como fazem Mercado Livre e Americanas. Nos últimos anos a empresa também agregou outros serviços ao seu marketplace, como publicidade e crédito, tornando a solução mais atrativa para os sellers.

Para dar conta de entregar os produtos de forma rápida, a Via conta com suas mais de 900 lojas, que além de pontos de venda, reforçam a presença da marca e funcionam como hubs logísticos par as entregas online – hoje a Via tem entrega rápida em 2400 cidades. A companhia abriu 110 novas lojas em 2021.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.