Negócios

Camargo Corrêa Cimentos quer elevar capacidade de produção

Empresa quer passar de oito milhões de toneladas de cimentos para 14 milhões no período de 2011 a 2016

Camargo Corrêa: os planos de expansão da unidade de cimentos também incluem Norte e Nordeste (.)

Camargo Corrêa: os planos de expansão da unidade de cimentos também incluem Norte e Nordeste (.)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h41.

São Paulo - A Camargo Corrêa Cimentos espera elevar sua capacidade de produção de oito milhões de toneladas de cimentos para 14 milhões de toneladas de cimento no período de 2011 a 2016.

Para sua estratégia de expansão, a empresa pretende investir na ampliação da capacidade de produção nas regiões do país em que já possui plantas industriais - como o Sudeste e o Centro Oeste - e também na construção de novas plantas nas regiões Norte e Nordeste.

A Camargo Corrêa Cimentos ainda estuda as opções de fonte de recursos para essa estratégia de expansão e crescimento. Entre as opções estão a geração de recursos próprios, o aumento de capital pelos acionistas e o financiamento junto ao setor financeiro. Uma composição entre essas diversas fontes também não está descartada.

Leia mais sobre Expansão

Acompanhe as notícias de Negócios do site EXAME no Twitter 

Acompanhe tudo sobre:Camargo CorrêaConstrução civilEmpresasEmpresas brasileirasIndústriaIndústrias em geralRegião NordesteRegião Norte

Mais de Negócios

Cacau Show, Chilli Beans e mais: 10 franquias no modelo de contêiner a partir de R$ 30 mil

Sentimentos em dados: como a IA pode ajudar a entender e atender clientes?

Como formar líderes orientados ao propósito

Em Nova York, um musical que já faturou R$ 1 bilhão é a chave para retomada da Broadway

Mais na Exame