BRF diz que manterá preços agressivos até o fim deste ano

Para 2016 terá que promover reajustes diante da pressão de fatores que incluem a desvalorização do real ante o dólar, disseram executivos da companhia

São Paulo – A BRF, maior exportadora mundial de carne de frango, deve manter estratégia de agressividade de preços no Brasil até o fim deste ano, mas para 2016 terá que promover reajustes diante da pressão de fatores que incluem a desvalorização do real ante o dólar, disseram executivos da companhia.

“Certamente, ano que vem vamos ter que fazer uma puxada de preços”, disse a presidente da BRF para Brasil, Flavia Faugeres, a jornalistas.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.