Braskem vai encerrar extração de sal em Maceió

A companhia informou que propôs à ANM a criação de uma área de resguardo, o que vai gerar a realocação de pessoas e a desocupação de imóveis

São Paulo — A petroquímica Braskem anunciou nesta quinta-feira (14) que apresentou à Agência Nacional de Mineração (ANM) medidas para encerramento definitivo de atividades de extração de sal em Maceió (AL) com fechamento de seus poços.

Em fato relevante, a companhia controlada pela Odebrecht informou ainda que propôs à ANM a criação de uma área de resguardo no entorno de determinados poços, o que envolverá realocação de pessoas, desocupação de imóveis e a adoção de medidas adicionais de monitoramento.

“A estimativa preliminar da companhia, a ser confirmada em diálogos com as autoridades, é que esta área de resguardo envolva aproximadamente 400 imóveis e 1.500 pessoas”, diz trecho do documento.

De acordo com a Braskem, as medidas propostas são relativas ao encerramento definitivo das atividades de extração de sal e fechamento dos seus poços.

“Em relação ao fenômeno geológico ocorrido em Maceió, a Braskem seguirá colaborando com as autoridades, com apoio de especialistas independentes, na identificação das causas e na implementação das ações necessárias”, complementou.

A Braskem explora desde 1975 jazidas de sal-gema na região de Alagoas, mineral usado na produção de insumos para fabricação de PVC. O surgimento de rachaduras e crateras nas regiões da cidade, em abril, comprometeram vários imóveis e fizeram a prefeitura suspender processos de licenciamento de construções e empreendimentos na área. Autoridades cobram bilhões de reais em ressarcimento da empresa.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.