Negócios

Braskem aprova joint venture com Idesa para projeto no México

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração da Braskem informou nesta quinta-feira ter aprovado a constituição de uma joint venture com o grupo mexicano Idesa. A parceria é para "o desenvolvimento e implementação de projeto petroquímico integrado no México", de acordo com um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).   Em novembro, […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h38.

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração da Braskem informou nesta quinta-feira ter aprovado a constituição de uma joint venture com o grupo mexicano Idesa.

A parceria é para "o desenvolvimento e implementação de projeto petroquímico integrado no México", de acordo com um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em novembro, a petroquímica brasileira anunciou a associação ao grupo Idesa para a construção de projeto petroquímico integrado no México, com investimento inicialmente previsto de até 2,5 bilhões de dólares.

O empreendimento, localizado no Complexo Petroquímico de Coatzacoalcos, deve entrar em operação em 2015.

(Texto de Georgia Jordan)

 

Acompanhe tudo sobre:acordos-empresariaisAmérica LatinaBraskemEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasJoint-venturesMéxicoQuímica e petroquímica

Mais de Negócios

Mukesh Ambani: quem é o bilionário indiano que vai pagar casamento de R$ 3,2 bilhões para o filho

De vendedor ambulante a empresa de eletrônicos: ele saiu de R$ 90 mil para mais de R$ 1,2 milhão

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Descubra 4 formas de pedir empréstimo e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma

Mais na Exame