Brasileira Paula Costa assume unidade de negócios da Coca-Cola na Suíça

Após passar por empresas como Diageo e Unilever, agora Paula Costa assume área da Coca-Cola focada em destilados premium e snacks
 (Iude Richele/Reprodução)
(Iude Richele/Reprodução)
M
Marina Filippe

Publicado em 02/10/2021 às 08:00.

Última atualização em 30/09/2021 às 16:24.

Com mais de três décadas de atuação no mercado, sendo 20 anos na liderança de negócios globais, a brasileira Paula Leal da Costa se prepara para assumir a lideraça da área de destilados premium e snacks da Coca-Cola HBC AG, uma das engarrafadoras do sistema Coca-Cola que opera em 29 países na Europa, África e Ásia e tem suas ações negociadas na Bolsa de Valores de Londres.

A empresa produz, vende e distribui uma ampla variedade de bebidas não-alcoólicas, como sucos, água, bebidas isotônicas, energy drinks, chás e cafés. A área de destilados premium e snacks do portfólio já fatura cerca de R$1,8 bilhão e tem uma grande ambição de crescimento.

Desde esta sexta-feira, 1 de novembro, Paula Costa passa a reportar diretamente para Naya Kalogeraki, COO da companhia e membro do board global. O trabalho será focado em conduzir as linhas de negócios de destilados premium e snacks para a próxima fase de desenvolvimento.

"Percorri uma longa carreira na área de marketing e, nesse tempo todo, acho que meu maior diferencial sempre foi a atuação em negócios de forma mais ampla. Gosto de desafios que me deem a oportunidade de construir equipes e garantir resultados de crescimento, principalmente tudo que engloba gestão de marcas, especialmente em uma área que sou completamente apaixonada que é a de insights de consumidor em categorias de alto giro e envolvimento, como a de bebidas e a de snacks", diz Costa à EXAME.

A executiva anteriormente atuava como vice-presidente de marketing da Diageo no Paraguai, Uruguai e Brasil, onde contribuiu para o alcance de resultados recordes no ano fiscal de 2021. A Diageo PUB cresceu 50% sua receita líquida em relação a 2020, rentabilizando significativamente a operação e tornando-se uma das maiores do grupo, apesar da pandemia.

Costa ajudou a empresa a alcançar resultados recordes de mercado na categoria de uísque nos últimos três anos, principalmente por meio da revitalização da marca Johnnie Walker. Além disso, estabeleceu uma nova estratégia para o portfólio de gin, tornando a sub-região a terceira maior do mundo na categoria para a Diageo, com as marcas Tanqueray, Gordon's e Gilbey's.

Ela também liderou o e-commerce da empresa para a América Latina, crescendo 244% em relação ao ano passado, e administrou o único canal direto ao consumidor relevante da Diageo, o The Bar, além de ter iniciado a parceria com Pure Players, como Amazon e Magazine Luiza. Como líder da área de inovação, dobrou a contribuição de  novos produtos na receita em 2021, lançando novas marcas, como Bailey's e Smirnoff Infusions.

Segundo ela, diversidade é uma de suas maiores bandeiras: foi patrocinadora de comitês de diversidade para inclusão feminina pelas empresas que passou e iniciou a primeira iniciativa em diversidade racial na Diageo da América Latina, o programa Origens, no qual vagas para a área de marketing foram especialmente direcionadas para candidatos de origens raciais diversas.

"Ser uma mulher brasileira e ter sido escolhida pra assumir um negócio relevante é um privilégio e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. Eu gosto de pensar que a minha trajetória pode inspirar mais mulheres a conquistarem cada vez mais espaço em todos os setores. Diversidade precisa sair do discurso e ir pra prática e, no que depender de mim, isto vai acontecer", afirma.

Além disso, Paula Costa tem sólida experiência internacional. Na Unilever, ocupou vários cargos de marketing ao longo de 15 anos, passando pela América Latina, Reino Unido e Europa, em funções nacionais, regionais e globais. Antes da Diageo, Paula foi vice-presidente de marketing da Electrolux na América Latina, CMO da L'Oreal no Brasil e GM da sua Divisão de Luxo, e diretora de marketing da divisão de TI e Celulares da Samsung Brasil.

Formada em Administração pela Fundação Getúlio Vargas e com MBA na mesma área pela Fundação Dom Cabral, Paula foi homenageada no prêmio “Women to Watch 2015" como uma das lideranças femininas mais promissoras do Brasil, e vencedora da categoria "Turnaround de Negócios" do Prêmio WeQual Americas em 2021. Ela agora se prepara para se mudar para a Suíça em breve, junto com a família