A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Boeing recomenda treinar pilotos em simuladores antes de voar no 737 MAX

Antes dos acidentes com as aeronaves da Lion Air e da Ethiopian Airlines, os pilotos da aeronave treinavam com um iPad ou um computador

A Boeing recomendou nesta terça-feira (7) a formação de pilotos em simuladores, antes de suspender a proibição de voo dos 737 MAX, em vigor desde março após dois acidentes, que mataram 346 pessoas.

A construtora americana cedeu desta forma à exigência de autoridades aeronáuticas europeias e canadenses que tinham imposto esta condição irrefutável para liberar a volta dos 737 MAX.

Antes dos acidentes com as aeronaves da Lion Air e da Ethiopian Airlines, os pilotos dos 737 MAX treinavam com um iPad ou um computador.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também