Boeing da Air Canadá faz pouso de emergência no aeroporto de Madri

O sindicato local de companhias aéreas informou que a aeronave, um Boeing 767-300, perdeu peças do trem de pouso e ficou 3 horas queimando combustível

Madri — O avião da Air Canadá que estava há mais de 5 horas sobrevoando o espaço aéreo do aeroporto de Barajas, em Madri, finalizou o pouso de emergência com sucesso às 19h07 desta segunda-feira (horário local; 15h07 em Brasília).

A aeronave que havia decolado nesta segunda-feira no aeroporto internacional de Madri com destino a Toronto, detectou um problema técnico passou horas tentando retornar à pista do terminal da capital espanhola para fazer um pouso de emergência.

O Sindicato Espanhol de Pilotos de Companhias Aéreas (Sepla) informou que a aeronave, um Boeing 767-300, perdeu peças do trem de pouso, que acabaram entrando no motor esquerdo, e por isso ficou mais de três horas queimando combustível antes de aterrizar, seguindo os protocolos de segurança.

A prefeitura de Madri montou um amplo esquema de segurança no aeroporto com caminhões do corpo de bombeiros e ambulâncias para prestar atendimento aos passageiros e tripulantes.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.