BNDESPar exerce direito e vende fatia na Renova Energia, diz Cemig

A elétrica mineira ressaltou que a operação ainda está sujeita a uma série de condições precedentes reguladas no contrato de Compra e Venda de Ações

São Paulo — A Cemig informou na quinta-feira, 25, que sua subsidiária integral Cemig GT recebeu manifestação do BNDESPar sobre o exercício do direito de venda conjunta (tag along) da totalidade de sua participação de 5,01 por cento na Renova Energia, conforme previsto no acordo de acionistas.

Em comunicado ao mercado, a Cemig destacou que o acordo estabelece que, "caso quaisquer dos acionistas controladores da Renova queira transferir quaisquer de suas ações vinculadas, o BNDESPar terá o direito de, a seu exclusivo critério, transferir até a totalidade de suas units ao adquirente, na mesma transação e nas mesmas condições".

A ampliação da fatia da Cemig na Renova se deu no fim de março.

A elétrica mineira ressaltou que a operação ainda está sujeita a uma série de condições precedentes reguladas no contrato de Compra e Venda de Ações.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.