Black Friday: 5 dicas para aproveitar as melhores ofertas de forma segura

Apesar do sucesso da Black Friday, o consumidor deve ficar atento para não cair em golpes
Black Friday: data movimentou R$ 4,2 bilhões no e-commerce brasileiro (Hase-Hoch-2/Getty Images)
Black Friday: data movimentou R$ 4,2 bilhões no e-commerce brasileiro (Hase-Hoch-2/Getty Images)
I
Isabela RovarotoPublicado em 21/11/2022 às 00:01.

A Black Friday é sempre uma data de grande importância para o varejo. No ano passado, movimentou cerca de R$ 4,2 bilhões no e-commerce brasileiro, segundo a NielsenIQ. Apesar do sucesso de vendas, o consumidor deve ficar atento para não cair em golpes.

“A Black Friday oferece várias possíveis situações que favorecem os ataques de hackers, a primeira é o desejo do consumidor de adquirir um produto mais em conta em um curto período”, diz Alexandre Morelli, Head of Cybersecurity na NAVA Technology for Business, empresa que fornece serviços e soluções de negócios e tecnologia.

O especialista destaca que há a possibilidade de um golpista atacar um site legítimo, derrubá-lo por um determinado tempo e atrair os compradores para um site falso.

Como não cair em golpes na Black Friday 2022?

1. Preste atenção no domínio da loja

Alguns golpistas criam falsos sites usando domínios (link ou URLs) semelhantes aos de grandes redes de varejo, assim como o mesmo layout de página. É importante que você avalie se o link é realmente do site legítimo, já que geralmente dá para perceber pequenas alterações na grafia. Verifique, ao acessar a página de pagamento, se o link está vinculado a um protocolo seguro, como HTTPS. Isso significa que o site é criptografado e mais seguro.

2. Cuidado com compra por email

A compra por meio de e-mail marketing é comum no Brasil, mas é necessário ficar atento ao remetente e observar se faz parte mesmo de um canal oficial da loja.

3. Desconfie de descontos absurdos

Antes de comprar, faça uma pesquisa da média de preço em sites confiáveis e desconfie de lojas que oferecem grandes descontos. Você pode acabar adquirindo um produto e nunca receber.

4. Atualize seu antivírus

Instale antivírus em todos os seus aparelhos eletrônicos e mantenha-o atualizado para evitar o roubo de informações pessoais ao visitar um site duvidoso.

5. Evite compras em redes públicas

Não realize compras em redes públicas de Wifi, seja em supermercados, shoppings ou outros ambientes. Ao efetivar um pagamento, utilize seus dados móveis ou realize em casa.

VEJA TAMBÉM: 

"Black Friday" Aliexpress terá 11 dias com promoções de até 90%

Black Friday da Amazon tem descontos de até 50%

iPhone é o produto mais desejado para a Black Friday de 2022

Quando é a Black Friday?

A Black Friday 2022 acontece na sexta-feira 25 de novembro, mas diversos varejistas já oferecem produtos com descontos durante todo mês de novembro.

O que é Black Friday?

A Black Friday é um evento comercial, conhecido pelos descontos em produtos de diversas categorias, tanto em estabelecimentos físicos quanto em lojas online.

Como surgiu a Black Friday?

A data da Black Friday surgiu nos Estados Unidos e sempre acontece na última sexta-feira do mês de novembro, uma semana após o feriado de Ação de Graças.

Quando começou a Black Friday no Brasil?

A primeira Black Friday no Brasil foi realizada em 2010. Cerca de 50 lojas do varejo nacional adotaram a data já utilizada nos Estados Unidos e conhecida pelo grande número de vendas de produtos com descontos.