Negócios
Acompanhe:

Bilionário Jack Ma abre mão de controle da fintech Ant Group

Jack Ma, fundador do Alibaba, deixa Ant Group. O IPO, que estava programado para acontecer em Xangai e Hong Kong simultaneamente, poderia ter arrecadado mais de US$ 34 bilhões e avaliado a Ant em mais de US$ 300 bilhões

 (VCG/Getty Images)

(VCG/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

7 de janeiro de 2023, 10h40

O bilionário Jack Ma está cedendo o controle da Ant Group Co., encerrando um período tumultuado para a gigante fintech chinesa. Em comunicado divulgado neste sábado, a empresa informou que Ma não será mais o controlador da Ant, confirmando uma reportagem anterior do The Wall Street Journal.

As mudanças estão sendo feitas para reduzir a dependência da Ant do extravagante bilionário chinês, que co-fundou o Alibaba Group Holding Ltd. e ajudou a criar a Ant, informou o The Wall Street Journal anteriormente. Ma ainda terá participação acionária em uma das duas entidades que controla a Ant, e, junto a outros nove executivos e funcionários da empresa, também deterá direitos de voto.

A Ant, proprietária da popular plataforma de pagamento digital Alipay, foi forçada a revisar suas operações em meio a uma repressão do governo chinês que começou com Pequim cancelando a oferta pública inicial multibilionária da empresa em novembro de 2020. O IPO, que estava programado para acontecer em Xangai e Hong Kong simultaneamente, poderia ter arrecadado mais de US$ 34 bilhões e avaliado a Ant em mais de US$ 300 bilhões.

A mudança de controle move a Ant um passo mais perto de terminar essa revisão das operações. No entanto, também pode adiar uma possível retomada de seu processo para IPO por um ano ou mais, pois os regulamentos de valores mobiliários chineses exigem um tempo limite nas listagens públicas para empresas que passaram por uma mudança recente no controle.