Banco Santos é 'fantasma' do setor há 13 anos

Na época do encerramento das operações, o rombo nas contas do banco era calculado em cerca de R$ 2,24 bilhões

São Paulo - A intervenção do Banco Central no Banco Santos está prestes a completar 13 anos: foi determinada em 2004. Na época, a autoridade monetária citou "comprometimento da situação econômico-financeira" da instituição.

A decisão do BC trouxe lembranças da quebradeira de bancos brasileiros dos anos 1990 - a última vez que uma ação do gênero havia sido necessária fora com o Bamerindus, em 1998. O temor acabou se confirmando: a falência foi requerida pelo liquidante em maio de 2005 e decretada em setembro.

Na época do encerramento das operações, o rombo nas contas do Banco Santos era calculado em cerca de R$ 2,24 bilhões, mas o valor subiu muito desde então. Calcula-se que mais de R$ 1 bilhão já tenha sido recuperado, mas, segundo o advogado de Edemar Cid Ferreira, mais R$ 5 bilhões ainda poderiam ser arrecadados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.