Banco Inter concede R$ 1,5 bi de crédito em meio à pandemia, alta de 71%

O crédito consignado cresceu 150% para 489 milhões de reais, seguido pelo crédito para empresas que aumentou 72% para 676 milhões de reais

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Banco Inter originou 1,5 bilhão de reais em crédito no segundo trimestre, o que representa um avanço de 71% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com prévia operacional divulgada na quinta-feira, 9, o que puxou esse percentual foi o crédito consignado, que cresceu 150% para 489 milhões de reais, seguido pelo crédito para empresas que aumentou 72% para 676 milhões de reais. Por sua vez, o financiamento imobiliário saltou 20% para 373 milhões de reais.

Ao todo, foram abertas 1 milhão de contas no trimestre, o que ajudou o Banco Inter alcançar 6 milhões de clientes na quarta-feira, 8. "Atingimos mais de 3,1 milhões de clientes com saldo em conta no segundo trimestre, com saldo médio de 1.172 de reais e transacionamos cerca de 3 bilhões de reais em cartões, crescimento de 83,7%", diz a nota divulgada à Comissão de Valores Mobiliários.

No que se refere a seguros, o banco alcançou 113 mil clientes segurados pela Inter Seguros e realizou 48,3 mil vendas de apólices e consórcios, um crescimento de anual de 672%.

Já as transações realizadas pelo marketplace aumentaram 218% para 122,8 milhões de reais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também