Azul registra crescimento em demanda de passageiros em abril

A oferta de assentos também cresceu e atingiu 17,3% no mês, acumulando avanço de 5,8% no ano

A Azul divulgou seus indicadores operacionais do mês de abril, com crescimento na demanda, na oferta de assentos e na taxa de ocupação em seus voos, na comparação com o mesmo mês de 2016.

No total, a demanda de passageiros (RPK, na sigla em inglês) aumentou 21,3% no mês passado, e 10% nos quatro primeiros meses do ano.

No mercado doméstico, o RPK registrou alta de 11,5% em abril, e de 8% no acumulado do ano. Já nos voos internacionais, a demanda aumentou 89,3% no mês, e 20,3% em quatro meses.

Já a oferta de assentos (ASK, na sigla em inglês) cresceu 17,3% em abril, e acumula avanço de 5,8% no ano. Nas rotas domésticas, a oferta avançou 10,1% no mês, e 5,5% no ano.

Já nos voos para o exterior, o indicador teve crescimento de 69,4% em abril, e acumula alta de 6,8% em 2017.

Assim, a taxa total de ocupação do Azul passou de 79% em abril de 2016 para 81,7% no mês passado.

No acumulado em quatro meses, a ocupação passou de 78,3% para 81,5%.

Nos voos domésticos, a ocupação no mês passou de 78,7% para 79,8%.

Em quatro meses, saiu de 77,7% para 79,6%. No mercado internacional, a taxa de ocupação em abril ficou em 90,9%, ante 81,4% no ano passado.

Em 2017, está em 91,6%, contra 81,4% em 2016.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.