Aumento de custos deixa lucro da Hyatt abaixo do esperado

O lucro líquido ficou em US$ 10 milhões no primeiro trimestre

O Hyatt Hotels registrou lucro trimestral que ficou abaixo das estimativas de analistas, com elevação nas despesas que ultrapassaram ganhos de receita, levando suas ações a cair mais de 4 por cento.

Os resultados da Hyatt seguiram os ganhos acima das expectativas de seus pares Marriott e Starwood, nas últimas semanas. Ambos foram salvos por elevação dos negócios dos grupos e pela continuidade da recuperação do turismo nos Estados Unidos.

Ainda que a receita por quarto disponível, uma medida chave da saúde financeira, mostre força na América do Norte e internacionalmente no Hyatt, as despesas totais cresceram 11 por cento. A receita trimestral teve elevação de aproximadamente 9,5 por cento, para 958 milhões de dólares.

Em seu comunicado nesta quinta-feira, a Hyatt disse que parte de seu crescimento nos custos de vendas, gerais e administrativos foi atrelada a lançamento de marcas, dívidas e impostos.

O lucro líquido ficou em 10 milhões de dólares no primeiro trimestre, ou 6 centavos por ação, em relação ao verificado um ano antes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.