As 10 notícias de negócios e economia que você precisa ler nesta quinta

Lucro do Santander Brasil cresce 34% na comparação com 2009; FAO: preço dos alimentos está no nível mais alto em 20 anos

Aqui estão as principais notícias de negócios e economia do dia, até agora:

1 – Lucro do Santander Brasil cresce 34% na comparação com 2009. O Santander Brasil anunciou um salto de 34% no lucro líquido do ano passado em comparação a 2009. A cifra somou 7,382 bilhões de reais. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 2010 atingiu 9,724 bilhões de reais — um aumento de 39,1% frente ao ano anterior.

2 – FAO: preço dos alimentos está no nível mais alto em 20 anos. Os preços mundiais dos alimentos alcançaram em janeiro o maior nível dos últimos 20 anos, segundo o índice da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO). Os preços aumentaram 3,4% em relação a dezembro de 2010 para alcançar 231 pontos no índice estabelecido.

3 – Rombo no PanAmericano é maior e chega a R$ 4,3 bilhões. Nem R$ 3,8 bilhões, nem R$ 4 bilhões. O número exato do rombo no PanAmericano, ex-banco do grupo Silvio Santos, é de 4,3 bilhões. Pelo menos é o que afirma reportagem desta quinta-feira do jornal O Estado de S. Paulo.

4 – Esquentam negociações para leilão do trem-bala.
A pouco mais de dois meses da entrega das propostas para o trem-bala entre Campinas, São Paulo e Rio, as negociações voltam a esquentar entre as empresas. Embora não seja certeza de que vão participar da disputa, as construtoras estão fazendo todos os estudos para analisar a viabilidade do projeto, de R$ 33 bilhões. Além disso, várias conversas foram iniciadas com possíveis parceiros, nacionais e estrangeiros.

5 – Petrobras precisa esclarecer negociação com Galp em Portugal. A entidade supervisora da bolsa portuguesa solicitou formalmente à Petrobras esclarecimentos sobre os termos da negociação com a italiana Eni, para adquirir 33% do capital da portuguesa Galp.

6 – O que a Arcor e o Pão de Açúcar fazem para conhecer a baixa renda. Os executivos saem de seus escritórios com ar condicionado para um encontro de negócios diferente. Sempre em algum galpão próximo às lojas atacadistas da cidade de São Paulo, os engravatados abandonam um pouco a formalidade para tomar um café-da-manhã com cerca de 30 camelôs e vendedores ambulantes. O objetivo é trocar experiências e entender melhor o que se passa no mundo “distante” das classes C e D.

7 – Sony atinge meta de lucros, mas faltam produtos de sucesso. Os cortes de custos estão ajudando a Sony a cumprir sua meta de lucros para o ano fiscal em curso, mas os investidores dizem que mais inspiração e um produto de sucesso são necessários para restaurar o crescimento da empresa que um dia foi símbolo do poderio japonês na alta tecnologia.

8 – Custos e despesa operacional reduzem lucro da Redecard.
A combinação entre um crescimento de 2,1 por cento na receita operacional líquida e a elevação dos custos totais dos serviços prestados e das despesas operacionais reduziu o lucro líquido da Redecard no quarto trimestre de 2010.

9 – Resultados da Unilever no 4o trimestre superam previsões. A gigante de produtos de consumo Unilever está confiante sobre sua capacidade de lidar com custos de commodities em disparada e concorrência, e superou as previsões do mercado ao divulgar avanço de 5,1 por cento nas vendas do quarto trimestre.

10 – CNI: Valorização do câmbio é principal dificuldade na concorrência com a China.
A concorrência com produtos chineses no mercado doméstico afeta uma em cada quatro empresas industriais brasileiras. A avaliação é de uma sondagem inédita sobre a concorrência com a China, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.