Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloNegócios

As 10 maiores fusões e compras de grandes empresas em abril

A empresa de sucos Do Bem foi comprada pela Ambev no mês; confira outros grandes negócios fechados nos últimos dias

Modo escuro


	Sucos da marca Do Bem: compra da companhia pela Ambev foi um dos negócios de destaque do mês
 (Divulgação/do bem)

Sucos da marca Do Bem: compra da companhia pela Ambev foi um dos negócios de destaque do mês (Divulgação/do bem)

T
Tatiana Vaz

Publicado em 1 de maio de 2016, 08h00.

São Paulo – Nos 30 dias de abril muitos negócios foram fechados em diversos setores dentro e fora do país.

A seguir reunimos as principais fusões e aquisições anunciadas no mês.

Do Bem pela Ambev

A AmBev comprou a fabricante da marca de sucos 'do bem', por valor não revelado.

Criada em 2007 no Rio de Janeiro, a empresa produz sucos e chás embalados e barras de cereais e tem operações na França, Espanha e Portugal. 

Santander + Hyundai

Na sexta, dia 29, o Santander Brasil formou uma joint venture com a Hyundai para a criação do Banco Hyundai Capital Brasil e uma corretora de seguros.

Metade da nova empresa fica com a Aymoré Crédito, Financiamento e Investimento, subsidiária do Santander, enquanto a Hyundai Capital terá 25% e a Hyundai Motor Brasil terá os 25% restantes.

Elavon pela Stone

No Brasil desde 2013, a Stone comprou 100% da Elavon no Brasil para ampliar sua participação no mercado de adquirência no país. As marcas vão seguir atuando de maneira separadas.
 

BM&FBovespa + Cetip

Após meses de negociação, a BM&FBovespa e a Cetip anunciaram uma fusão, que concentrará o mercado de renda fixa e variável no Brasil.

A combinação das duas pode criar um negócio gigante, avaliado em mais de R$ 40 bilhões.

Payleven + SumUp

A fusão das empresas alemãs de pagamentos móveis Payleven e SumUp criou uma das três maiores empresas facilitadoras de pagamentos do país.

O negócio combinado é capaz de processar um volume total de pagamentos superior a 1 bilhão de reais por ano, à frente do PayPal e atrás da PagSeguro e da MercadoPago, do MercadoLivre.

Dona da Pyrex pela GP Investments

Também em abril, a GP Investments comprou 28% da WKI Holding Company, controladora da fabricante de utensílios domésticos World Kitchen, dona da Pyrex.

Na transação, a World Kitchen foi avaliada 566 milhões de dólares, considerando o preço de 10 dólares por ação.

XP pela General Atlantic

O General Atlantic (GA) comprou a participação do fundo inglês Actis na XP Investimentos e ampliou sua fatia no negócio para 49%.

O fundo americano pagou R$ 300 milhões pelos 10% da Actis no negócio – e ainda fez um novo aporte de R$ 150 milhões na empresa. 

Leader pela Legion Holdings

O BTG Pactual fechou a venda da varejista Leader por um valor simbólico, abaixo de 1.000 reais para a Legion Holdings.

A nova dona irá assumir 100% da varejista, além de dívidas.

O banco está tentando vender diversos ativos desde a prisão do ex-presidente André Esteves, em novembro do ano passado.

GD Brasil pela Tractebel

A Tractebel Energia comprou 50% do capital social da GD Brasil Energia Solar, por um valor em torno de R$ 24 milhões.

De acordo com comunicado emitido pela compradora, o investimento é uma forma de a companhia ingressar no segmento de geração distribuída de energia fotovoltaica.

Eclipse pela BRF

A BRF concluiu a aquisição da Eclipse Holding Cooperatief, empresa holandesa controladora da Campo Austral, um grupo de empresas que opera no mercado de suínos da Argentina.

A compra faz parte do plano estratégico da BRF de globalizar a companhia, com o fortalecimento de marcas em mercados locais. 

Últimas Notícias

ver mais
Grupo Talanx adquire empresas da Liberty Mutual
seloNegócios

Grupo Talanx adquire empresas da Liberty Mutual

Há 20 horas
Dilemas dos CEOs: Como realizar a transição de agendas operacionais para as estratégicas?
seloNegócios

Como realizar a transição de agendas operacionais para as estratégicas?

Há um dia
Oito em cada 10 microempreendedores têm o empreendedorismo como única fonte de renda
seloNegócios

Oito em cada 10 microempreendedores têm o empreendedorismo como única fonte de renda

Há um dia
Quem é o brasileiro que assumiu como CEO da maior empresa de tabaco do mundo
seloNegócios

Quem é o brasileiro que assumiu como CEO da maior empresa de tabaco do mundo

Há um dia
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais