ArcelorMittal fechará usina de coque na Bélgica

Companhia havia anunciado o fechamento das instalações em janeiro de 2013 como parte de uma reestruturação geral

Bruxelas - A ArcelorMittal, maior companhia siderúrgica do mundo, disse nesta terça-feira que fechará sua usina de coque perto da cidade belga de Liege após não conseguir encontrar um comprador para a unidade.

A companhia, que fabrica cerca de 6 por cento do aço do mundo, havia anunciado o fechamento das instalações em janeiro de 2013 como parte de uma reestruturação geral de sua fábrica em Seraing devido à queda da demanda por aço na Europa.

Porém, a ArcelorMittal manteve a usina aberta enquanto aguardava uma possível venda, iniciando conversas com a Oxbow Mining em meados de 2013.

A ArcelorMittal disse nesta terça-feira que os dois lados não conseguiram chegar a um acordo e que a usina, que emprega cerca de 240 funcionários, será fechada dentro das próximas quatro semanas.

A companhia, que também operava dois fornos no local, continuará a operar cinco linhas de produção de aço, para aço automotivo, empregando cerca de 800 pessoas. A companhia também tem uma siderúrgica em Ghent, no norte da Bélgica. Por Philip Blenkinsop

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.