• BVSP 111.439,37 pts -2,1%
  • USD R$ 5,2909 +0,0018
  • EUR R$ 6,2022 +0,0000
  • ABEV3 R$ 15,76 -2,29%
  • BBAS3 R$ 28,9 -1,93%
  • BBDC4 R$ 19,96 -3,90%
  • BRFS3 R$ 22,71 -3,93%
  • BRKM3 R$ 66 -5,02%
  • BRML3 R$ 8,5 -0,35%
  • CSAN3 R$ 23,16 -2,07%
  • ELET3 R$ 37,32 -0,98%
  • EMBR3 R$ 20,48 -3,62%
  • Petróleo US$ 74,02 -0,72%
  • Ouro US$ 1.750,50 -0,05%
  • Prata US$ 25,65 +0,00%
  • Platina US$ 1.059,90 +0,00%

Ambipar compra startup de economia circular e se aproxima de cooperativas

Empresa anunciou nesta segunda-feira a compra de 50% da Boomera, empresa paulista de gestão de resíduos

A Ambipar, empresa de gestão ambiental, anunciou hoje, 14, a compra da Boomera, startup paulista de gestão de resíduos de difícil reciclagem. A compra de 50% da empresa faz parte da estratégia da Ambipar em se aproximar cada vez mais de cooperativas e de oferecer na ponta uma solução de descarte para resíduos que vêm de diferentes segmentos do mercado além de indústrias pesadas.

Quer aprender mais sobre ESG? Conheça o novo curso da Exame Academy.

Em fato relevante, a empresa afirmou que a compra da Boomera tem como objetivo expandir o alcance aos resíduos e à produção de reciclados. Parte disso será feito com a ajuda da rede de cooperativas de catadores de materiais da qual a Boomera tem parceria. São 500 cooperativas que juntas somam mais de 8.000 cooperados em todo o país.

A Boomera é uma startup paulista fundada em 2012 por Guilherme Brammer, engenheiro de materiais. A premissa básica da startup de impacto é trazer alternativas para grandes empresas preocupadas em como lidar com o seu lixo. Na gama de serviços oferecidos pela Boomera estão desde logística reversa, que evita o descarte de itens em aterros, até a criação de novas matérias-primas a partir de uma metodologia própria.

O foco da Boomera são os materiais de difícil reciclagem, como o plástico flexível, por exemplo. Agora, a Boomera se torna Boomera Ambipar, mas continuará sob o comando do engenheiro.

“As empresas costumavam olhar para o material reciclado como caro e de baixa qualidade. Agora, precisamos ampliar a capacidade produtiva para atender a demanda”, informou. “Hoje o nosso papo é com C-Level, fazemos parte da estratégia do negócio. Vemos empresas se comprometendo com os acionistas a reduzir seus impactos”, disse Brammer, CEO e fundador da Boomera, durante um painel no evento Melhores do ESG, promovido pela Exame.

Já a Ambipar quer ser uma empresa de valorização de resíduos, ou seja, para além da solução de descarte, o intuito é trazer itens novamente à indústria, com uma nova atribuição. A empresa atua na coleta, transporte, valorização e logística de resíduos. O grande diferencial, no entanto, está na personalização das soluções de gestão para cada empresa: a Ambipar registra patentes individuais, de acordo com cada projeto empresarial que atende.

Com a aquisição da Boomera, a Ambipar fica mais próxima da extensa rede de cooperativas e consequentemente, das matérias-primas utilizadas para a fabricação de novos produtos. A transação, que não teve valor divulgado, está sob aprovação dos acionistas da Ambipar.

No mesmo fato relevante, a Boomera afirma que o plano de expansão pós-compra será baseado na “criação e oferta de crédito de logística reversa, a utilização de soluções de rastreabilidade ponto-a-ponto, agregando e compartilhando valor com cooperativas de catadores de material reciclado. As sinergias através de serviço logístico em todo Brasil expandirão o ciclo de economia circular e a obtenção de materiais para as suas atividades”.

Histórico de aquisições

Em julho de 2020, a Ambipar fez sua oferta inicial de ações (IPO). Desde então, mantém um apetite de gigante em aquisições. Foram oito empresas compradas nos últimos 11 meses, sendo que cinco delas são companhias internacionais. A nona da lista passa a ser a Boomera.

Fique por dentro das principais tendências das empresas ESG. Assine a EXAME.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.