Amazon quer depor Trump do poder com processo sobre computação em nuvem

Empresa entrou na Justiça contra o presidente por causa de um contrato bilionário do Exército norte-americano com a rival Microsoft

A Amazon Web Services está buscando a deposição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e do secretário de Defesa do país, Mark Esper, no processo que abriu sobre a concessão de um contrato bilionário do Exército norte-americano para a rival Microsoft, afirmou um porta-voz da companhia.

O governo alega que Trump, que é um crítico aberto do presidente da Amazon, Jeff Bezos, e da gigante do varejo online, não teve qualquer influência na decisão do Pentágono que concedeu o contrato de computação em nuvem, avaliado em 10 bilhões de dólares, para a Microsoft.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.