Negócios
Acompanhe:

Amazon anuncia novas contratações e fechamento de depósitos no Reino Unido

A Amazon "iniciou consultas sobre a proposta de fechar três centros de distribuição em 2023", de acordo com o comunicado

 (Chris J. Ratcliffe/BLOOMBERG BUSINESSWEEK)

(Chris J. Ratcliffe/BLOOMBERG BUSINESSWEEK)

A
AFP

Publicado em 10 de janeiro de 2023, 12h13.

A gigante do comércio eletrônico dos Estados Unidos Amazon anunciou nesta terça-feira (10) uma reestruturação no Reino Unido, que envolve o fechamento de três centros de distribuição, que empregam 1.200 pessoas. No entanto, mencionou planos de abrir outras duas fábricas com 2.500 trabalhadores.

A Amazon "iniciou consultas sobre a proposta de fechar três centros de distribuição em 2023" e "pretende abrir dois novos depósitos, criando 2.500 novos empregos nos próximos três anos", de acordo com comunicado enviado à AFP.

O plano de fechar três armazéns afeta 1.200 funcionários no centro Hemel Hempstead, perto de Londres, e nos depósitos Doncaster (centro) e Gourock (Escócia).

A empresa, no entanto, afirma que os funcionários terão a oportunidade de serem transferidos para um dos 30 centros de distribuição no país.

Os novos locais serão abertos perto de Birmingham, no oeste, e em Durham, no norte.

Esta reorganização não possui relação com o anúncio feito pela Amazon na semana passada, no qual o porta-voz da empresa informou o corte de 18.000 empregos em todo o mundo.

LEIA TAMBÉM: