Alpargatas tem alta de 106,4% no lucro líquido no 4º trimestre

No acumulado do ano, o lucro da fabricante de calçados somou R$ 358,4 milhões, aumento de 36,2% na comparação com 2015

São Paulo - A Alpargatas apurou lucro líquido de R$ 102,6 milhões no quarto trimestre de 2016, crescimento de 106,4% frente a igual período do ano anterior.

No acumulado do ano, o lucro da fabricante de calçados somou R$ 358,4 milhões, aumento de 36,2% na comparação com 2015.

A companhia reportou ainda um lucro líquido das operações continuadas, que desconsidera os resultados de Topper, Rainha e Timberland.

Esse lucro atingiu R$ 103,3 milhões no trimestre, expansão de 80%. Em doze meses, o lucro das operações continuadas foi de R$ 362,2 milhões, alta de 30,8%.

A Alpargatas anunciou a venda das marcas Topper e Rainha em 2015 e decidiu descontinuar a partir de 2017 sua representação da Timberland no Brasil.

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) entre outubro e dezembro somou R$ 166,7 milhões, elevação de 15,3% na comparação com os mesmos meses de 2015. No ano, o Ebitda totalizou R$ 595,8 milhões, aumento de 5,8% ante 2015.

Apesar do crescimento do Ebitda puxado pelo desempenho no Brasil, a Alpargatas reportou piora no resultado na Argentina e no negócio de sandálias em vendas para outros países.

A receita líquida da Alpargatas no trimestre foi de R$ 1,065 bilhão, queda de 4,1% na comparação anual. Em doze meses, a receita registrou alta de 0,4%, para R$ 4,054 bilhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.