A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Alibaba fechará seu aplicativo de streaming de música Xiami

Decisão marca retrocesso em relação às ambições do Alibaba no setor de música digital da China

O Alibaba anunciou nesta terça-feira, 5, que encerrará sua plataforma de streaming Xiami Music no início de fevereiro. Medida marca retrocesso em relação às suas ambições no setor de música digital da China.

O Xiami Music vai acabar no dia 5 de fevereiro “por causa de ajustes no desenvolvimento dos negócios”, disse o braço de música online do gigante chinês do comércio eletrônico. "É difícil dizer adeus depois de (a plataforma) estar com você por 12 anos."

A decisão foi divulgada após autoridades chinesas anunciaram uma investigação antitruste, a suspensão da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) do Ant Group e em meio ao desparecimento de Jack Ma, que não aparece em público há mais de dois meses.

O Xiami Music foi fundado em 2006 e comprado pelo Alibaba em 2013, quando a empresa entrou no concorrido mercado de música online da China, que é dominado pela Tencent Holdings.

O início de seu declínio coincidiu com a batalha pelos direitos musicais na China. Em 2015, o governo começou a reprimir a violação de direitos autorais e mais de dois milhões de músicas não autorizadas foram removidas e com isso houve a perda de usuários. Atualmente tem apenas 2% do mercado de streaming de música do país, atrás do KuGou Music, QQ Music, KuWo e NetEase Cloud Music, de acordo com a empresa de inteligência de dados de Pequim TalkingData.

No entanto, isso não marca o fim da participação do Alibaba no mercado de streaming online. Em setembro de 2019, o grupo investiu 700 milhões de dólares em um dos concorrentes do Xiami, o NetEase Cloud Music.

(*Com informações da Reuters)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também