AIG eleva limite para cobrir ataques terroristas em propriedades

Uma sequência de ataques mortais em países desenvolvidos aumentou a demanda por uma cobertura específica conhecida como seguro contra terrorismo

A American International Group disse nesta quarta-feira que quadruplicou sua capacidade global para cobrir ataques terroristas em propriedades para 1 bilhão de dólares.

Uma sequência de ataques mortais em países desenvolvidos nos últimos dois anos aumentou a demanda por uma cobertura específica conhecida como seguro contra terrorismo, que surgiu após os ataques de 11 de setembro de 2001 em Nova York.

"A demanda de nossos clientes por uma proteção melhor contra o risco tem sido forte", disse o chefe da equipe de propriedade e riscos especiais da AIG, George Stratts.

Seguradoras e corretoras disseram que os ataques em Bruxelas, Paris, Istambul e San Bernardino deixaram os conselhos das empresas cada vez mais preocupados sobre segurança, aumentando a demanda corporativa, incluindo organizadores de eventos, hotéis e prestadoras de serviços.

A AIG disse que empresas multinacionais em particular estavam buscando proteção contra o amplo espectro de riscos que enfrentam ao redor do mundo, incluindo o terrorismo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.