Acordo entre Amazon e Apple mostra caminho difícil em cooperação

Acordo trazendo o Amazon Prime Video para a Apple TV foi anunciado na última segunda-feira

São Francisco – Um acordo trazendo o Amazon Prime Video para a Apple TV anunciado na segunda-feira na conferência da Apple após anos de conversa, mostra como as tensões competitivas entre os titãs do Vale do Silício podem representar obstáculos no atendimento a clientes.

A lógica de ligar a Apple TV, um dispositivo para assistir televisão pela internet, com o serviço de streaming de vídeo da Amazon.com parece óbvio.

A Apple precisa de um excelente vídeo para vender seu transmissor de TV. A Amazon precisa de lugares para transmitir seus programas de TV para que as pessoas se inscrevam para o clube Prime para vê-los. Os espectadores querem assistir seus programas favoritos em qualquer dispositivo que eles escolherem.

No entanto, o anúncio de segunda-feira, ao invés de ser rotineiro, foi o resultado de uma negociação que remonta a pelo menos 2015, quando a Amazon deixou de vender Apple TVs no seu site de varejo.

A Amazon explicou essa mudança dizendo que queria evitar confundir clientes que esperariam que o Prime Video estivesse em dispositivos vendidos pela Amazon. Os críticos viram, em vez disso, uma tática de negociação para obter o Prime Video no dispositivo da Apple, e um estímulo para as pessoas comprarem os dispositivos concorrentes Fire TV da Amazon.

“Sempre que essas empresas tentam dar um gelo uma nas outras, o consumidor sempre perde”, disse Paul Verna, analista da empresa de pesquisa eMarketer.

A Amazon e a Apple recusaram-se a comentar sobre como suas diferenças afetaram os clientes. As empresas disseram que os programas da Amazon estarão disponíveis na Apple TV ainda neste ano, mas não especificaram uma data.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

ATENÇÃO: Mudança na sua assinatura da revista EXAME. A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos apenas uma edição por mês. Saiba mais