Negócios

4 coisas que a IA já faz (bem) melhor que os seres humanos — e como aplicá-la no seu negócio

Presente em mais de 40% das empresas brasileiras, a inteligência artificial ajuda a tomar decisões mais estratégicas e assertivas e vem potencializando lucros em negócios de diferentes setores; aprenda a utilizá-la

Inteligência artificial é capaz de analisar grandes volumes de dados prever demanda futura por produtos e serviços (Getty Images/Getty Images)

Inteligência artificial é capaz de analisar grandes volumes de dados prever demanda futura por produtos e serviços (Getty Images/Getty Images)

Isabel Rocha
Isabel Rocha

Jornalista

Publicado em 27 de abril de 2023 às 16h44.

Última atualização em 4 de maio de 2023 às 11h42.

Explorada exaustivamente em narrativas distópicas de ficção científica há pelo menos meio século, a relação entre humanos e máquinas inteligentes já não é só coisa de filme. Inclusive, é bem provável que você conviva com ferramentas de inteligência artificial (IA) diariamente — mesmo que não perceba.

Assistentes de voz (como a Siri ou a Alexa), corretores automáticos (como o do WhatsApp ou do Microsoft Word) e até a mesmo o funcionamento do algoritmo nas redes sociais são exemplos de como a IA se faz presente na nossa rotina todos os dias.

Mas é claro que a aplicabilidade dessa tecnologia vai muito além de sua capacidade de obedecer a comandos simples, corrigir textos ou indicar o melhor caminho no trânsito. Afinal, à medida que foi sendo aprimorada, a IA adquiriu habilidades mais complexas e se revelou uma poderosa ferramenta de trabalho. Mais do que isso: uma das principais aliadas dos negócios de sucesso.

Quais são os principais usos da inteligência artificial nos negócios?

Quando usada estrategicamente, a IA tem potencial de melhorar os resultados de uma empresa exponencialmente. Não à toa, segundo uma pesquisa da International Business Machines Corporation (IBM), 41% das empresas brasileiras já haviam implementado a tecnologia em suas operações em 2022.

Conteúdo gratuito: aprenda a utilizar ferramentas de IA como ChatGPT, MidJourney e Copilot para alavancar os resultados de sua empresa. Clique aqui!

Veja, abaixo, alguns exemplos de como a inteligência artificial pode auxiliar os negócios na prática.

1. Automação de processos internos

Quando falamos na aplicabilidade da inteligência artificial dentro das empresas a primeira coisa que vem à mente é a automação de processos.  E não é à toa.

Agendamento de reuniões, gestão de projetos, delegação de tarefas, atendimento ao cliente, gestão de estoque e monitoramento de desempenho são apenas alguns exemplos de processos que podem ser automatizados – e otimizados – com ajuda da IA.

A tecnologia pode ser utilizada, ainda, para o desenvolvimento de chatbots inteligentes que trabalhem respondendo as dúvidas mais comuns dos clientes 24h/7 , deixando os funcionários lives para se concentrarem em casos mais complexos.

2. Análise de dados

A IA é capaz de classificar, analisar e organizar grandes volumes de dados de forma infinitamente mais rápida e precisa do que um ser humano. Além de refletir diretamente na eficiência operacional do negócio, essa habilidade pode ser utilizada para apoiar os processos de tomada de decisão,  análise de riscos e até na construção do planejamento estratégico das empresas.

Minicurso gratuito ensina a usar inteligência artificial nos negócios. Garanta a sua vaga clicando aqui!

3. Detecção de fraudes

Extremamente precisa quando o assunto é processar grandes quantidades de dados, a IA pode ser treinada para alertar os analistas sempre que identificar anomalias e padrões incomuns. Isso pode ser bastante útil para o monitoramento e detecção de fraudes financeiras, falsificação de informações ou ataques cibernéticos.

4. Previsão de tendências

Outra grande vantagem da IA frente aos seres humanos é a sua capacidade de cruzar um grande número de informações atuais com dados históricos em tempo real. Assim, mais do que analisar os dados, a tecnologia consegue prever tendências e comportamentos de mercado. Uma enorme vantagem competitiva para as empresas, que conseguem antecipar as necessidades dos clientes e ajustar suas estratégias de marketing e produção com base nisso.

Mas, afinal, como aplicar a IA no meu negócio?

É importante destacar que, para que os colaboradores possam lidar com a nova tecnologia de forma eficiente e segura, a implementação da IA em um negócio requer planejamento e treinamento adequados.

O primeiro passo é identificar quais são os processos que podem se beneficiar do uso da tecnologia. Depois, é necessário selecionar a ferramenta mais adequada para a realização aquela tarefa — considerando aspectos como custo, eficiência e facilidade de uso.

Para ajudar empresários, executivos e gestores a utilizarem as ferramentas de IA para otimizar os seus negócios, a EXAME liberou  mil vagas gratuitas para um minicurso sobre o tema. Os interessados podem se inscrever até o dia 21 de maio clicando no botão abaixo.

DÊ O PRIMEIRO PASSO PARA POTENCIALIZAR OS RESULTADOS DA SUA EMPRESA: CLIQUE AQUI E GARANTA A SUA VAGA NO MINICURSO “IA APLICADA AOS NEGÓCIOS” GRATUITAMENTE

  • Este conteúdo é apresentado por EXAME Academy
Acompanhe tudo sobre:branded marketingInteligência artificialdicas-de-inovacao-de-pme

Mais de Negócios

Vem aí a terceira edição do Ranking EXAME Negócios em Expansão

Nos 30 anos do Real, Mercado Pago lança cédula celebrativa

Nas franquias de educação, 83% dos alunos estão na sala de aula (e não em aulas online)

Eles começaram do zero, viraram referência em franquias e revelam segredos para sucesso nos negócios

Mais na Exame