• BVSP 124.978,32 pts -0,9%
  • USD R$ 5,1924 -0,0088
  • EUR R$ 6,1124 -0,0121
  • ABEV3 R$ 16,8 -1,35%
  • BBAS3 R$ 31,84 -0,34%
  • BBDC4 R$ 23,94 -1,07%
  • BRFS3 R$ 25,67 -2,13%
  • BRKM3 R$ 59 -5,45%
  • BRML3 R$ 10,41 -1,33%
  • CSAN3 R$ 26,76 -1,62%
  • ELET3 R$ 42,23 -2,38%
  • EMBR3 R$ 18,6 -0,53%
  • Petróleo US$ 74,00 +0,28%
  • Ouro US$ 1.804,30 -0,06%
  • Prata US$ 25,28 -0,42%
  • Platina US$ 1.060,30 -2,78%

3 coisas que você não sabe sobre o Touro de Ouro — e 3 dicas para investir

O economista e executivo do mercado financeiro Pablo Spyer vem fazendo sucesso na internet com informações e dicas de investimento

"Vai, Tourinhoooooooooooo!" Com esse bordão e a companhia do personagem Touro de Ouro, uma alusão ao símbolo do mercado de ações em alta, o economista Pablo Spyer, diretor operacional da corretora coreana Mirae Asset no Brasil, tem ganhado fãs de todas as idades entre quem está interessado em investir melhor seu dinheiro. Em vídeos curtos postados em suas redes sociais de manhã e ao final do dia, falando rápido para uma câmera nervosa, Pablo explica quais são as principais notícias que estão afetando o mercado financeiro de uma maneira fácil e acessível. No Twitter, já tem 133.000 seguidores; no Instagram, cerca de 230.000. Para a EXAME Pablo contou três coisas sobre sua vida e carreira que ninguém conhecia e deu três dicas sobre como investir na bolsa.

Três coisas que você não sabe sobre o Touro de Ouro

Pablo Stipanicic Spyer Rezende nasceu em Buenos Aires

Em meados dos anos 1970, o pai de Pablo, o consagrado jornalista Marcos Wilson, fazia constantes viagens à capital portenha como enviado do jornal O Estado de S. Paulo para cobrir o recrudescimento das tensões entre a Argentina e o Reino Unido que levaria à Guerra das Malvinas (1982). Lá, apaixonou-se pela filha de um ex-cônsul da Argentina no Brasil, com quem está casado até hoje e teve três filhos. Pablo, o mais velho, nasceu em 1976.

A maior parte do patrimônio de Pablo está hoje em imóveis — que ele comprou com os rendimentos de sua carteira de ações

Ao longo de quase 30 anos de carreira no mercado financeiro, Pablo foi fazendo sua poupança com ações. Em 2018, usou as reservas para comprar uma casa na capital paulista, para onde se muda no final de 2020 após uma grande reforma, bancada também com os rendimentos de seus investimentos em ações.

O sonho de criança de trabalhar na TV está se realizando agora, na internet, com o propósito de levar educação financeira aos brasileiros

Pablo cresceu nos bastidores do SBT, onde seu pai criou e dirigiu o célebre telejornal popularesco Aqui Agora. Por muito tempo, o sonho do jovem Pablo era apresentar um programa na televisão. Com o Touro de Ouro, que acaba de completar um ano em suas redes sociais, Pablo considera que está realizando sua vocação de comunicador com um grande propósito: levar educação financeira aos brasileiros. "Quero democratizar o acesso à informação que possibilite a cada um gerar riqueza para realizar seus sonhos", diz o economista. "O Touro de Ouro foi crescendo e agora estou envolvido em vários projetos, todos com esse valor maior." Além de falar sobre opções de investimentos financeiros, Pablo também está apostando em explicações de conceitos macroeconômicos e das notícias que impactam o mercado. "Meu objetivo é jogar luz sobre conceitos sofisticados para que sejam mais fáceis de entender e digerir. Por exemplo, muito se fala do famoso PMI [Purchasing Managers Index]. Quando o indicador é divulgado, pode mexer com as bolsas, mas muita gente não sabe por quê. Tento mostrar que os índices de atividade dão uma sinalização sobre o desempenho das empresas e de ações, por exemplo."

Três dicas sobre como investir na bolsa

1 - Para as dezenas de milhares de investidores que estão chegando à bolsa agora: não entre no mercado achando que vai especular com ações e ganhar. "É como se um médico que acabou de entrar na residência quisesse sair operando coração. É claro que vai dar errado", diz Pablo. "Não saia comprando papéis porque ouvir dizer que vai subir. Ninguém sabe o futuro. Mesmo gestores renomados e experientes erram."

2 - Estude sobre o mercado e as empresas. "O investimento em ações é de longo prazo, e o bom disso é que dá tempo de ir construindo conhecimento", afirma o economista.

3 - Escolha empresas que geram valor para a sociedade. Em sua carteira pessoal, Pablo costuma colocar ações de companhias que são bem administradas e pagam bons dividendos. "Ações são a melhor poupança do mundo. Mas comprar um papel só porque acha que seu preço vai subir não é um bom critério", diz o economista. "É preciso ter em mente que, ao comprar uma ação, o investidor se torne sócio da empresa. Por isso, precisa confiar que os executivos são competentes e vão conduzir a empresa ao lucro. De forma geral, se uma empresa madura está dando lucro e distribuindo dividendos, é sinal de que está indo bem."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.